Jitka Jirátová: loucamente apaixonada por Praga

Desde os 18 anos, Jitka se dedica a mostrar sua cidade aos visitantes e, embora tenha tentado outras profissões mais relacionadas aos números e negócios, sempre volta ao seu primeiro amor: ser guia em espanhol para turistas, na mágica cidade de Praga.

Por: Colaborador Convidado

Publicado: Setembro 23, 2019

O que é imperdível em Praga durante uma visita?

Depende sempre de quanto tempo você tem na cidade... Mas você nunca deverá deixar de ver a Praça da Cidade Antiga, com o famoso Relógio Astronômico e a Igreja Týn, além da Ponte de Carlos e o Castelo de Praga, com a Catedral de São Vito. Eu chamo estes de a trindade de lugares que devem ser visitados ‘sim ou sim’ durante o dia e, é claro, à noite também - Praga muda muito com a iluminação. E agora ainda mais, porque no centro turístico voltamos à iluminação original a gás, o que dá à cidade um toque super romântico.

Se a visita durar mais de dois dias, eu acrescento o Museu Judaico em Praga, com o famoso Antigo Cemitério Judaico e as quatro sinagogas, a lendária colina Vyšehrad, e uma das áreas fora do centro, para ver como vivem os praguenses, por exemplo, nas regiões de Žižkov , Vinohrady ou Karlín .

Qual é a anedota mais engraçada da sua cidade?

Muito engraçada é a anedota sobre uma turista americana que foi ver a rua mais estreita de Praga (55 centímetros de largura) e, ao entrar nela, não podia sair porque estava um pouco ‘gordinha’. No final, todo o grupo de turistas teve de ajudar a empurrá-la para fora do beco.

Comente sobre três lugares da moda entre os habitantes locais.

Na minha opinião, os últimos sucessos de Praga são: a chocolataria  Choco Café, na Rua Liliová, aonde se pode tomar uma excelente xícara de chocolate com nozes, amêndoas ou outros tipos de frutas. Também, a charcutaria Naše Maso deli, na Rua Dlouhá, aonde é vendido um dos melhores presuntos de Praga, e excelentes salsichas. Eu recomendo experimentar o presunto ali, já que é um bistrô no qual você pode consumir (em pé) o que acabou de comprar. 

E finalmente, fora do centro, em Praga 5 Smíchov, a cafeteria Kavárna co hledá místo, instalada em antiga carpintaria. É um ponto de encontro para jovens e pessoas de meia idade.

Para qual restaurante você convidaria um amigo estrangeiro?

Para comer comida caseira tradicional tcheca, ao final da manhã nós iríamos à taberna Krčma, perto da Praça da Cidade Antiga, frequentada por moradores locais. À tarde, até a nova lancheteria de especialidades tchecas Špejle Czech e, à noite, iríamos para jantar na Villa Richter, ao lado do Castelo de Praga, com belas vistas de toda a cidade.

Em Praga, quais os pratos imperdíveis?

Primeiro, a sopa de batata servida no pão, que temperamos com boas ervas, alho e acrescentamos cogumelos. Depois, qualquer um dos três pratos a seguir: guláš, ensopado de carne servido com knedlíky (uma guarnição típica tcheca – massa cozida, feita à base de farinha, ovos, fermento); Svíčková, carne acompanhada por molho agridoce de vegetais e knedlíky ou vepřo-knedlo-zelo (almôndegas de carne de porco); e carne de porco assada, servida com chucrute e knedlíky. 

Um prato mais sofisticado, por exemplo, é pato assado; ou truta assada recheada. 

Muito gracioso é o prato chamado španělský ptáček, ou seja, pássaro espanhol, que é um rolo de carne recheado com salame, pepino azedo, ovo cozido e bacon, servido com molho e arroz ou knedlíky. 

Para os vegetarianos, o prato número um é o queijo Edam empanado e frito, servido com batatas cozidas e molho tártaro.

Para a sobremesa, recomendo bolas cozidas recheadas com frutas, que em tcheco são  chamadas ovocné knedlíky. Geralmente, são servidas quente, polvilhadas com sementes de papoula moídas, ou queijo fresco e pó de açúcar.

Qual é a sua saída favorita na noite de Praga?

Para bebidas, o Bar Anonymous. Para dançar, Lucerna Music Bar. E para ouvir jazz, o bar U Malého Glena .

Conte-nos sobre algum lugar que deve ser visitado, fora do circuito turístico.

A colina Vítkov me parece muito interessante, com o monumento funcionalista que leva igual nome. Foi construído entre 1929 e 1933, para comemorar a coragem, na Primeira Guerra Mundial, dos legionários da então Tchecoslováquia. Mais tarde, o monumento foi mausoléu do líder comunista Klement Gottwald. Na minha opinião, hoje este monumento abriga uma das melhores exposições da história do meu país, de 1918 até o presente. No piso superior há uma cafeteria com vistas espetaculares dos bairros adjacentes de Žižkov e Karlin – o que por si já é uma compensação pela visita.

Qual recordação da sua cidade você ofereceria a um amigo estrangeiro?

Eu daria a um amigo estrangeiro uma lixa de unha de cristal  (patente mundial tcheca), decorada por uma reconhecida pintora.  Por quê? É um presente prático, pesa pouco, dura infinitamente (a menos que caia, porque então quebrará), e é típica do meu país, pois a República Tcheca é famosa no mundo inteiro por produzir excelentes peças em cristal.  É possível adquiri-las, por exemplo, na Galeria Designum, na Rua Nerudova 27.

Contato

Jitka Jirátová 
Agência de guias autorizados em espanhol “Private Guide of Prague”
Móvel: +420604111939
e-mail: jitka.jiratova@gmail.com

www.guiaprivadadepraga.com

 

 

Canais relacionados

Dica de local
Daniel Sosa: com o olhar fixo nas cem torres de Praga

O diretor comercial do Intercontinental Hotel em Praga, originário da Espanha, vive na República Tcheca desde 2009. "Eu vim para trabalhar e conheci minha esposa, com quem já tenho dois filhos, de dois e de cinco anos", resume. Os pequenos se encarregam de ocupar a maior parte do tempo livre dele. No entanto, Daniel também gosta de correr, jogar golfe e relaxar junto à  natureza.

Dica de local
Daniel Tylinger compartilha segredos de Praga

O diretor geral do Hotel Boutique Jalta, em Praga, revela segredos da cidade que o fizeram crescer na carreira e se dedicar ao turismo.

Dica de local
Proti Proud: para os que vão contra a corrente

Em Praga 8, o bairro de Karlín propõe a maior parte das novidades que surgem na milenária capital tcheca. Lá, onde são múltiplas as ofertas de bares alternativos,cafés com toques contemporâneos e design diferenciado,atrai atenção o bistrô Proti Proudu. O nome é traduzido por contra a maré, e a liderança é do casal de jornalistas Karolina e David Konečný.

Dica de local Café literário