Cinco cidades tchecas que você provavelmente nunca ouviu falar – mas devia conhecer

Há cidades que são pouco conhecidas. Mas isso não significa que sejam menos interessantes que suas primas famosas. Só porque você nunca ouviu falar, não significa que não deve ver! Veja cinco dessas pequenas joias da República Tcheca

Por: Luiz Fernando Destro

Publicado: Novembro 03, 2021

Três lagos e uma praça

O povoado de Telč também é conhecido como “a cidade dos três lagos”, em referência às lagoas que cercam a cidade. Construídas pelo homem como meio de proteção na era medieval, hoje agregam um lado bucólico ao local. A praça principal é um conjunto de casas renascentistas preservadas e fontes barrocas. Mas, ainda assim, é cheia de vida. Esse segredo escondido não é tão oculto assim, já que a Unesco reconheceu Telč como Patrimônio da Humanidade.

Deliciosas orelhas

Na região da Morávia-Silésia, Štramberk está às sombras das ruínas de um castelo (Strallemberg), em meio a região montanhosa de Valašsko. Mesmo sendo pequena, dispõe de inúmeras atrações – museu de marionetes, de brinquedos, mini -zoológico... Na parte gastronômica, as “orelhas de Štramberk “são iguarias de massa doce que fazem sucesso. E para os mais crescidos, a cidade tem uma cervejaria, que usa uma levedura especial na receita da bebida.

Areia e ponte

A cidade de Písek, na Boêmia do Sul, possui a ponte de pedra mais antiga da República Tcheca – mais até que a ponte Carlos de Praga. Antigo local de garimpo de ouro, a cidade hoje tem uma ligação forte com a areia das margens do rio Otava. Nelas, os locais costumam se divertir construindo complexas esculturas, que ficam expostas para turistas como você!

Montada na fama

Outro local pouco conhecido, mas reconhecido. Kladruby nad Labem é patrimônio da Unesco desde 2019, graças à tradição secular de criar cavalos de raça. Os puros-sangues da cidade são usados em diversas casas reais de todo o mundo. E os edifícios históricos do haras são outra atração que vale a visita.

O berço de Mahler

O famoso compositor Gustav Mahler nasceu na região de Vysočina, em um pequeno vilarejo mas ainda bem jovem se mudou para Jihlava. Esta cidade de subterrâneos misteriosos – e até fosforescentes - hoje abriga também o museu em homenagem ao compositor e maestro, onde se pode experienciar um pouco dos primeiros anos desse gênio musical.

Prepare-se para sonhar nos mercadinhos de Natal da República Tcheca

Os mercadinhos de Natal da República Tcheca, como prelúdio do Advento, são um micromundo aonde a alegria se instala de forma perene. Eles representam a felicidade das coisas simples e previsíveis - percorrer as barracas, comprar alguns enfeites artesanais, saborear ponche e doce de canela, ouvir um coro de vozes angelicais cantando uma canção de natal... e passar o tempo com seus entes queridos. Pois é disso que se trata. Visitar os mercados para ver a vida continuar como sempre, com as suas luzes, a sua árvore de natal, a sua música tradicional, as suas risadas e aquele frio que te faz sentir vivo.

Cultura Experiencia de viagem
Quatro rotas de outono para curtir e relaxar nas florestas tchecas

O outono, estação que revoluciona nossas retinas com a multiplicação dos tons amarelos e acobreados, chega a todos os recantos da República Tcheca. Para mostrar como brilham de tão esplêndidas as florestas tchecas, escolhemos quatro espaços naturais nos quais a natureza é protagonista absoluta.

Aventura Cultura Itinerários
República Tcheca de trem, rota para viajar o país sem se estressar

O trem continua a ser um dos meios de transporte mais ecológicos, confortáveis e económicos para percorrer um grande número de destinos e a República Tcheca não é exceção. Os trens da principal companhia ferroviária, České dráhy, conectam as grandes atrações turísticas tchecas e também permitem o acesso aos países vizinhos. Contamos tudo o que você precisa saber para viajar "a toda velocidade" pela República Tcheca.

Aventura Cultura
Pacotes