Néstor henríquez: tcheco por escolha

Há duas décadas, uma bolsa para terminar seus estudos em Ciências Políticas levou Nestor desde a Colômbia, seu país de origem, à República Tcheca, que o cativou e mudou a sua vida e os seus planos. Hoje, ele é guia turístico em Praga, e adotou a cidadania tcheca. Aqui, Nestor nos conta sobre os lugares que devem ser visitados na cidade favorita dele.

Por: Colaborador Convidado

Publicado: Março 23, 2020

Ao visitar Praga, o que não pode ser perdido?

É necessário visitar áreas residenciais, para observar como é o cotidiano da vida tcheca. Além de, é claro, visitar a área clássica do Distrito 1.

Quando foi morar na República Tcheca, quais os costumes locais que mais o surpreenderam?

  1. Armazenar flocos de lojas de Natal na carteira, para que ‘não falte dinheiro’.
  2. Tirar os sapatos ao visitar uma casa na qual o anfitrião é tcheco.
  3. Comemorar o dia do seu santo de acordo com o nome correspondente ao seu.

Minha melhor anedota sobre viver com tchecos foi trocar descrições de tradições entre o quebra-pote de aniversário das crianças, na América Latina, e a segunda-feira de Páscoa, na República Tcheca, celebrada com galhos decorados

 Conte-nos sobre um lugar que deve ser visitado, fora do circuito turístico.

Meu lugar favorito é uma cidade perto de Praga, chamada Poděbrady, onde há um caminho paralelo ao rio Elba, na direção de Nymburk, ideal para caminhadas ou ciclismo. Foi aqui que passei meu primeiro ano no país, tendo aulas de tcheco diariamente, antes de fazer os exames de admissão na universidade, em 1995.

É claro que, aquele que vem a Praga e não visita a Ponte de Carlos e a Praça da Cidade Antiga, não pode dizer que realmente esteve em Praga...

Um lugar fora do circuito turístico que vale visitar é a torre de telecomunicações Žižkov, de onde há uma visão diferente da cidade, além de uma cafeteria e um coquetel bar.

 Para qual restaurante você convidaria um amigo estrangeiro?

Um amigo estrangeiro em visita a Praga seria convidado a provar a cozinha tcheca no restaurante Pilsen, na Câmara Municipal. Minha sugestão seria uma sopa de batatas com cogumelos, um pato assado com couve roxa e bolinhos de pão, crepes com sorvete e chocolate e, claro, minha cerveja preferida, tipo Pilsen, para brindar.

 Qual é a sua saída favorita na noite de Praga?

Aos lugares que oferecem as danças latinas salsa e bachata, frequentados pela comunidade hispânica e os apoiadores tchecos da cultura hispânica, para se divertirem dançando.

 

Aponte três lugares da entre os locais.

Na minha opinião, o Blu House (restaurante e bar latino, onde não é permitido fumar); o Hangar (bar discoteca pop, perto da Sinagoga Espanhola) e a praça Jířího z Poděbrad (com estação de metrô homônima, oferece mercados temáticos em alguns fins de semana).

Contato

Web: http://www.nestorpraga.eu

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Era um mosteiro, virou um hotel

O que fazer com um mosteiro quando os monges rareiam? Transformar em hotel cinco estrelas! Pelo menos é isso que fizeram dois empreendimentos em Praga.

Experiencia de viagem
Cinco lugares para descobrir ao redor de Karlovy Vary

Depois de experimentar a água de todas as fontes de Karlovy Vary, é hora de explorar, nos arredores, três castelos, um mosteiro, duas vilas encantadoras e o spa favorito de uma Imperatriz.

Experiencia de viagem
TEPLICE, A CIDADE DE IMPERADORES E REIS, EM 10 PASSOS

A mais antiga cidade balneária da Europa Central, localizada a meio caminho entre Dresden, Alemanha, e Praga, Tchéquia, é famosa por seus spas, fontes termais, os personagens que por lá passaram e suas histórias. Descubra Teplice em 10 passos.

Experiencia de viagem