Na República Tcheca, cavernas nos transportam à vida em família há 45 mil anos

Visitar cavernas é como abrir porta para ingressar no passado remoto. Na República Tcheca há 14 delas abertas à visitação, todas sob responsabilidade da Administração de Cavernas do país, que cuida dos ambientes e das medidas para que o visitante as aprecie em segurança.

Por: Giorgia Marcucci

Publicado: Agosto 02, 2021

Nas cavernas tchecas, você poderá admirar lindas estalactites e estalagmites, descobrir as origens de formações rochosas únicas, ver ossos antigos descartados por homens das cavernas e “barquejar” suavemente por rios subterrâneos. Corredores, salões decorados pela Natureza, rochas brilhantes e... morcegos.

Deu medo? Bobagem! Como bem explica a Administração de Cavernas da República Tcheca (que tem o morcego por logotipo), os morcegos - únicos mamíferos com capacidade para voar - “não dão trombada com humanos pois têm ‘radar’ para orientá-los a desviar de qualquer obstáculo”.

Portanto, pode afastar o mito de que um morcego enroscará no seu cabelo. Ele estará muito ocupado em cumprir a tarefa de auxiliar o equilíbrio do ecossistema (todos os morcegos que ocorrem nas República Tcheca são insetívoros, o que beneficia, em especial, as lavouras).

Cavernas Koněprusy – passeio no ‘jardim’ da jovem que viveu há 45 mil anos

O sistema de Cavernas Koněprusy faz parte da Área de Paisagem Protegida do Cársico da Boêmia, na Boêmia Central. A localização, em sua maior parte, é sob a Colina do Cavalo Dourado (Kopec zlatého koně) e a fama, internacional. Ali foi descoberto crânio que o mundo científico datou de há 45 mil anos. Trata-se do crânio de mulher jovem, utilizado como ponto de partida para criar projeção de como seria a mulher por inteiro. O crânio e a projeção estão guardados no Departamento de História do Museu Nacional, em Praga. Periodicamente, são exibidos ao público. A programação de exposições pode ser consultada no site do Museu Nacional.

Os ambientes calcários das Cavernas Koněprusy têm para além de 400 milhões de anos. Os interiores se destacam pelas formações opalescentes, em outras palavras, rochas que brilham com as cores da opala - arco-íris em azul, cinza, vermelho, amarelo, verde, marrom. Além de ficar maravilhado, você caminhará por lugares de achados paleontológicos que documentam o desenvolvimento da natureza nos últimos 1,5 milhão de anos.

Essas cavernas englobam três níveis – no superior, funcionava no século 15 uma oficina secreta de falsificadores de moedas medievais. As cavernas têm mais de 2 km de comprimento, dos quais 620 metros são acessíveis.  A duração do passeio é de cerca de uma hora – o guia fala tcheco, mas há folhetos informativos em idiomas estrangeiros. Para brasileiros, uma das opções é o espanhol. Se a visita for programada para a última segunda-feira de cada mês do ano, você poderá fazer passeio a luz de lanterna - a iluminação ambiente é desligada, o que promove cenário instigante e sensações singulares.

Destino – República Tcheca, Cavernas Koněprusy, localizadas a sete km do centro de Beroun, cidade da Boêmia Central a cerca de 40 km de Praga. Nos arredores dessa encantadora cidade estão os castelos Křivoklát e Karlštejn. Há excelentes meios de transporte de Praga para Beroun. As Cavernas Koněprusy são acessíveis somente por visita guiada. Visitas disponíveis.

Cavernas Mladečské  – visita ao lar dos homens das cavernas

No tempo das cavernas, as crianças ajudavam as mães a colher frutos e raízes comestíveis, mas, na maior parte do tempo, enquanto os papais caçavam, os demais familiares ficavam ocultos nas cavernas, para evitar os grandes predadores. Igualzinho ao hoje, as crianças enfurnadas precisavam de distração. Como se distraíam? Mais uma vez, igualzinho ao hoje – desenhavam junto com as mamães.

Com base na profundidade dos sulcos feitos nas paredes, pesquisadores concluíram que a grande maioria das pinturas rupestres é arte produzida por crianças e mulheres. Para saber como viviam as famílias, é ideal visitar as Cavernas da Juventude  (Jeskyně Mladečské), na Área de Paisagem Protegida de Litovelské Pomoraví. Na Europa Central, as Cavernas Mladečské constituem o maior e mais antigo assentamento cro-magnon (fósseis do Homo sapiens, de quem descendemos todos nós, humanos da era moderna; mais antigos, somente na África).

As Cavernas Mladečské reúnem complexo labirinto de corredores e possuem diferentes ambientes decorados por lindas incrustações e estalactites – destas, a maior delas, apelidada Múmia, tem dois metros de altura. Os mais belos espaços incluem o Templo da Natureza (Chrám Přírody), a Caverna da Virgem (Panenská Jeskyně) e a Caverna Azul (Modrá Jeskyně). Por seu lado, a Cúpula dos Mortos (Kopule Mrtvých), lugar misterioso sustentado por pilares, é onde foram encontradas ossadas de pessoas e animais, como leões-das-cavernas, ursos, renas, bisões pré-históricos e até vestígios da fauna. Estima-se que datam entre 25 mil há 36 mil anos.

Destino – República Tcheca, Cavernas Mladečské, localizadas sob a Colina Třesín (Vrch Třesín) em Měník, a 24 km do centro urbano de Olomouc, Morávia Central. Aqui, opções para viajar de Praga a Měník por terra. Aqui, consulte ir de Praga a Měník por cruzeiro pelo Moldava. As Cavernas Mladečské são acessíveis somente por visita guiada. Visitas disponíveis.

Para informações sobre peculiaridades, orientações, adequações e preços para excursões às demais cavernas tchecas abertas à visitação, o endereço é este (tradução instantânea do tcheco para o português de boa qualidade). Os links remetem a conteúdos em tcheco, com tradução de boa qualidade.

Leia mais sobre atrações da Tchéquia

Deixe-se levar pelo Moldava, o maior rio da República Tcheca

20 lugares curiosos da República Tcheca

Filmes que levam você de Nárnia até Viena, sem sair da Tchéquia

 

Canais relacionados

Aventura Cultura
Cinco esportes na República Tcheca para os corajosos

Já imaginou um destino onde é possível desde escalar uma via ferrata até visitar um castelo? E um lugar onde você pode liberar muita adrenalina ao pular de uma ponte ou remar em corredeiras e depois fazer degustação de cerveja? Você não precisa imaginar. Podemos garantir que na República Tcheca você terá tudo isso e muito mais.

Aventura Esportes
Na República Tcheca, cavernas nos transportam à vida em família há 45 mil anos

Visitar cavernas é como abrir porta para ingressar no passado remoto. Na República Tcheca há 14 delas abertas à visitação, todas sob responsabilidade da Administração de Cavernas do país, que cuida dos ambientes e das medidas para que o visitante as aprecie em segurança.

Aventura Cultura
Guia básico - o que ver em Olomouc

O inegável encanto barroco da cidade de Olomouc é retratado por dez lugares que, por certo, você deve visitar.

Aventura Castelos e Palácios Cultura Itinerários