Guia básico - o que ver em Ostrava

Rústica e ao mesmo tempo acolhedora, a cidade de Ostrava não esconde a sua vocação industrial e seduz os visitantes com feitiços de metal e ferrugem. Atreva-se a descobrir estes dez recantos incríveis nessa instigante cidade tcheca.

Por: Jess Garbarino

Publicado: Julho 17, 2022

O anel industrial abraça a cidade de Ostrava com suas vistosas contorções de ferro e chaminés. No século 19, a capital da região da Morávia e Silésia tornou-se o primeiro centro tcheco dedicado à mineração e metalurgia. A descoberta de grandes jazidas de carvão em 1763 fez com que esta antiga vila de artesãos se tornasse próspera cidade industrial. A Segunda Guerra Mundial infligiu ferimentos graves a Ostrava, mas a cidade conseguiu se recuperar e seguir adiante.

(IMAGEM)

A mineração de carvão parou há quase 30 anos e as siderúrgicas próximas fecharam logo depois. Mas Ostrava, localizada no nordeste da Tchéquia, muito perto da fronteira com a Polonia, soube se reinventar. Hoje, está apta a receber viajantes que procuram experiências verdadeiramente diferentes, paisagens inesperadas, festivais de música e demais propostas culturais, sempre ofertadas com excelente qualidade.

O que você está esperando para descobrir os 10 recantos mais incríveis de Ostrava?

 

1. Novo Palácio da Prefeitura

Para ter uma visão completa da cidade de Ostrava, dirija-se à Nova Prefeitura (Nová Radnice), de estilo funcionalista, cuja torre de 85 metros de altura é uma espécie de farol que pode facilmente guiar os visitantes até seus portões. Construída entre 1925 e 1930, é a maior prefeitura do país e foi erguida quando a antiga sede do governo municipal, que ainda pode ser vista na Praça Masaryk, se mostrou pequena para a cidade que crescia exponencialmente, à mercê do desenvolvimento industrial. A torre é aberta ao público e é ideal para contextualizar o viajante, graças à vista de 360 ​​graus que proporciona, a 73 metros do solo. Além disso, entre o primeiro e o quarto andares da prefeitura você poderá vivenciar a experiência de subir em um elevador paternóster de madeira, funcionalista, datado de 1928.

Mais informações: vyhlidkovavez.cz

2. Praça Masaryk

O coração do centro histórico de Ostrava é a Praça Masaryk (Masarykovo námĕstí), aonde está localizada a Antiga Prefeitura, agora um museu; a coluna da Virgem Maria, de 1702; e a estátua barroca de São Floriano, padroeiro dos bombeiros. Também chama a atenção o edifício Schönhof, conhecido como "a casa das sete portas". A praça pode servir de ponto de partida para um passeio pelos pontos mais interessantes do centro histórico, como a Catedral do Divino Salvador; a rua Stodolní, onde se concentra a vida noturna da cidade; a charmosa Jiráskovo námesti (praça), com a estátua que homenageia o compositor tcheco Leoš Janáček; e o Parque Husúv.

3. Museu da Cidade de Ostrava

A antiga Prefeitura, localizada na Praça Masaryk, foi convertida no Museu da Cidade de Ostrava (Ostraveské Muzeum). Ali é mantida interessante mostra que permite conhecer a história da cidade, a sua cultura e as suas paisagens. O edifício data do século 15 e a sua torre tem 22 sinos que repicam de hora a hora, a espalhar seus sons característicos.

Mais informações: ostrmuz.cz

4. Teatro Antonín Dvorak

Meia dúzia de teatros animam a cena cultural de Ostrava. É sempre boa ideia verificar a programação de shows e planejar uma visita ao Teatro Jiri Myron; ao Teatro de Marionetes; ao Teatro Petr Bezruč; à Orquestra Filarmônica Janáček; ao Teatro Arena. Os amantes da arquitetura e da ópera devem visitar, sem falta, o Teatro Nacional da Morávia e Silésia Antonín Dvořák, projetado pelo arquiteto vienense Alexander Graf. Trata-se de um dos mais belos teatros de todo o país, famoso por sua excelente acústica.

Mais informações: ndm.cz

 

5. Casa das Artes Dům Umění

A Galeria de Belas Artes de Ostrava foi fundada em 1952 e, graças à sua extensa coleção, que soma cerca de 23 mil peças, é uma das cinco mais notáveis ​​da República Tcheca. Além disso, o prédio onde está localizada data de 1926 e é uma das joias arquitetônicas da cidade.

Mais informações: gvuo.cz

6. Fumarola Ema

A intensa atividade industrial legou para Ostrava um lugar muito curioso, que além do mais oferece excelentes vistas da cidade. Os resíduos das fundições de ferro acumularam-se na margem direita do rio Ostravice, até formar uma montanha de 315 metros de altura, que ainda arde quente por dentro (com temperaturas chegando a 1000ºC), gerando algumas fumarolas e um microclima em sua superfície, onde a neve nunca sobrevive e as flores crescem o ano todo.

7.DOV

O viajante que chega a Ostrava com pouco tempo disponível e só pode escolher um único recanto incrível para levar impresso em sua lembrança deve definitivamente dirigir-se a Dolní oblast Vítkovice. A antiga usina metalúrgica, com seus altos-fornos e diferentes instalações industriais, foi convertida em um magnífico polo cultural que propõe experiência alternativa ao turismo tradicional. Dois museus interativos, uma torre com cafetaria no topo e vistas panorâmicas, um grande auditório e vários circuitos onde se pode conhecer o processo de produção surpreendem a todos os visitantes.

Mais informações: Dolní oblast vítkovice: coração de ferro e dolnivitkovice.cz

8. Parque Landek

A experiência industrial e mineira tem outra paragem imperdível a poucos quilómetros de DOV, em Landek Park. Esta é extensa área de lazer com ciclovias, espaço para camping, instalações esportivas, restaurantes e o maior museu de mineração da República Tcheca (Hornické Muzeum). O museu oferece passeios pela mina (adaptados para a segurança dos visitantes), conduzidos por ex-trabalhadores. Lá é possível viajar em um trem de mineração original, apreciar exposição sobre um resgate, visitar os vestiários e experimentar como era no passado um dia de trabalho subterrâneo.

Mais informações: Landekpark.cz

9. Mina Mical

Como transcorria o dia de um trabalhador em uma mina de carvão? Para sentir por si mesmo, você pode visitar a mina Michal (Důl Michal), que preserva intacta a atmosfera dos anos de árdua produção. Lá você pode ver os vestiários, os chuveiros, a sala de registro, o porão das lâmpadas, o refeitório, a cafeteria e até a oficina do geólogo.

Mais informações: dul-michal.cz

 

10.Castelo Silesiano de Ostrava

Perto do ponto onde o rio Ostravice encontra o rio Lučina está o Castelo Silesiano de Ostrava (Slezskoostravsk ý Hrad), que remonta ao século 13, embora no século 16 tenha sido reconstruído como um palácio renascentista. O castelo situava-se num promontório, no entanto, a atividade mineira subterrânea prejudicou as suas fundações, a ponto de afundar 16 metros e exigir grandes obras de manutenção, concluídas em 2004. O castelo tem exposição permanente e nos seus arredores, com frequência são realizados vários eventos culturais.

Mais informações: slezskoostravskyhrad.cz

 

Explore mais:

EM OSTRAVA, BUSCANDO O CÓDIGO DE SOLOMON

DOLNÍ OBLAST VÍTKOVICE: CORAÇÃO DE FERRO

OSTRAVA DAS LENDAS E DA TECNOLOGIA

 

Canais relacionados

Arte Cultura
Guia básico - o que ver em Olomouc

O inegável encanto barroco da cidade de Olomouc é retratado por dez lugares que, por certo, você deve visitar.

Arquitetura Arte Aventura Castelos e Palácios Cultura Dica de local Patrimônios
Buscando Alfons Mucha pela República Tcheca

Nas famosas capitais mundiais você verá exposições das obras que tornaram famoso o pintor, ilustrador e designer gráfico tcheco Alfons Mucha, um dos principais expoentes do movimento Art Nouveau.

Arte Experiencia de viagem
Guia básico - o que ver em Praga

Os dez locais essenciais na área da Unesco em Praga. Se você planeja viajar para a capital tcheca e quer saber o que ver, anote estas recomendações.

Arquitetura Arte Cultura Experiencia de viagem Patrimônios
Pacotes