Em Vysoké u Příbram, Festival Antonín Dvořák incluirá Ópera Rusalka encenada ao ar livre

A encenação da Ópera Rusalka fará parte do Festival Antonín Dvorak 2023 na pequenina Vysoké u Příbram, Boêmia Central. O  espetáculo será junto ao lago Rusalčino, na Villa Rusalka, no exato lugar fonte de inspiração para Antonín Dvořák dar vida à ninfa das águas que vem encantando gerações.

Por: Giorgia Marcucci

Publicado: Janeiro 07, 2023

Famosa em todos os continentes, a Ópera Rusalka é um conto de fadas originado no libreto de Jaroslav Kvapil (1892 - 1958), com teor inspirado na mitologia eslava e em elementos de contos de fadas tchecos. Kvapil foi compositor, maestro e professor de grande reconhecimento.

O libreto de Kvapil encantou o famoso compositor tcheco Antonín Dvořák (1841 – 1904), que passou a criar com avidez a música para embalar Rusalka, a ninfa das águas. A encenação da ópera na Villa Rusalka, hoje Memorial Antonín Dvořák,  é iniciativa da Opera Plus, que realiza espetáculos de música, ópera e balé na República Tcheca (crédito da imagem que ilustra a abertura do post: Jihočeské divadlo - Teatro da Boêmia do Sul).

Lago Rusalčino, o cenário

Foto: Festival Antonín Dvořák

Ao caminhar às margens do lago depois batizado de Rusalčino (imagem) pelos seus herdeiros, assim como eles batizaram a Villa, Dvořák buscava inspiração para criar, na virada dos séculos 19 e 20, aquela que foi a sua penúltima ópera. Na ópera Rusalka, dois mundos se fazem presentes - o humano e o dos elementos naturais. Nos  imaginários do libretista e do compositor, esses  dois mundos têm igual peso.

Foto: Prefeitura de Příbram

Enquanto a escrita de Kvapil transborda as trágicas consequências da convivência entre dois mundos diversos, Dvořák os delimita com sua música – para o ambiente humano, robusta sonoridade; para o mundo das criaturas fantásticas, som quase impressionista, até mesmo “colorido” (na imagem, cena da ópera Rusalka quando foi encenada na Villa em 2022, após transcorridos 70 anos da representação anterior).

Além da experiência ímpar de assistir a uma das mais famosas óperas compostas por Dvořák no lugar onde Rusalka, duendes, o príncipe e outros seres fantásticos ganharam vida, visitar a Villa Rusalka, Vysoké u Příbram e a vizinha Příbram durante junho significará assistir a outros espetáculos e eventos que fazem parte do Festival de Música Antonín Dvořák 2023 e aproveitar outras atrações da região.

Villa Rusalka

O coração de Vysoké u Příbram é a Villa Rusalka – Memorial Antonín Dvořák (na imagem, apresentação promovida  pela Opera Plus ao ar livre, junto ao palacete). Na Villa, Dvořák se fez presente por mais de 20 anos. Primeiro, como visitante do palacete ali construído pelo cunhado, o doutor em Leis e membro do Parlamento tcheco conde Václav Robert Kounic; depois, como veranista na casa que construiu em terreno adquirido a  Kounic próximo ao palacete.

A antiga residência de Dvořák fica à distância aproximada de 1,5 km do palacete. Delimitada por muros,  essa propriedade pertence aos herdeiros do compositor e não é aberta ao público (há projeto governamental para integrá-la ao Memorial).

Foto: Kudy z Nudy

Finalmente, em 1895, após retornar dos Estados Unidos (ali viveu por três anos, desde 1892), o imortal compositor tcheco passou a morar com a esposa Anna e os nove filhos do casal na propriedade que construiu em Vysoké u Příbram e batizou de Dvorek. A fase ali vivida é considerada uma das mais produtivas da carreira dele (na imagem, busto de Antonín Dvořák no parque da Villa Rusalka).

Na Villa Rusalka,  Antonín Dvořák criou muitas das suas principais óperas – além de Rusalka, Dimitrij, Jakobín, Čert a Káča e a inacabada Armida; as Sinfonias nº 7, nº 8 em Ré maior, Requiem II; o Quinteto para Piano e Cordas em Lá maior e o Quarteto de Piano em Mi bemol maior; série de danças eslavas e muitas outras obras consagradas internacionalmente.

Vysoké u Příbram

Em todos os anos, o Festival de Música Antonín Dvořák faz parte do calendário de várias cidades tchecas, mas Vysoké u Příbram e Příbram são as duas porções boêmias que mais nos aproximam de forma muito especial de Dvořák - o mago das notas musicais.

Até os nossos dias, Vysoké u Příbram tem, se tanto, 800 habitantes - lugar ideal para acolher Antonín Dvořák, que sofria de agorafobia. A grande atração de Vysoké u Příbram é o Memorial Antonín Dvořák. Em raio de 10 km e além, se houver tempo, há muitas atrações e bons programas para curtir naquela que é importante região turística.

Příbram

Vysoké u Příbram (em português, Alto de Příbram) está a somente 8,5 km de Příbram, cidade do distrito de mesmo nome, por sua vez, localizada a 60 km de Praga, Boêmia Central. Embora com área de apenas 36 km2, a cidade tem várias atrações, as quais se estendem às demais vilas do distrito.

Foto: Ladislav Renner

O Local de Peregrinação Svatá Hora (na imagem), o Teatro Antonín Dvořák (que em junho ofertará amplo calendário de apresentações por ocasião do festival em homenagem ao compositor), o Ernestinum (Palácio do Arcebispo), o Museu de Mineração são alguns dos pontos de atração em Příbram e arredores.

 

Você pode gostar

O Teatro preferido de Mozart, em Praga

Em Praga, passeios pela vida de Franz Kafka

Cinco passeios a menos de 100 km de Praga

Canais relacionados

Cultura
Praga no inverno, passeios originais para grandes e pequenos

Qual é a melhor época para viajar a Praga? Esta é pergunta comum que não tem resposta única, porque depende dos gostos e necessidades de cada pessoa e cada estação oferece boa gama de propostas. Para saber sobre ótimas atrações de inverno na capital tcheca, continue lendo.

Aventura Cultura
Kvantario, a galáxia virtual que espera por você em Benešov, a 32 km de Praga

Para os fãs de ficção científica e os entusiastas de tecnologias digitais há verdadeiro paraíso em Benešov, cidadezinha bem próxima à capital tcheca. Esse paraíso é Kvantario, galáxia virtual de entretenimento para jovens, adultos e famílias com crianças.

Arte Cultura Experiencia de viagem
As cinco principais atrações da República Tcheca

Quando alguém diz que vai viajar à República Tcheca, é normal escutar a pergunta: “Mas o que você vai fazer lá?”.  Para responder definitivamente a essa pergunta, aqui vão as cinco principais atrações do país.

Arquitetura Arte Castelos e Palácios Cultura Dica de local Patrimônios
Pacotes