Suíça da boêmia, a maravilha natural

A pouco mais de uma hora a noroeste de Praga há um território natural que oferece tudo o que é necessário para ser feliz desfrutando do meio ambiente. É a Suíça da Boêmia, com paisagens que estão entre as mais atrativas da Europa.

Por: Joaquín del Palacio

Publicado: Março 23, 2020

Lá, onde as florestas cobrem extensões de várias dezenas de km2, os rios correm entre desfiladeiros e escarpas, e as rochas protagonizam algumas das mais belas paisagens da Europa Central, há uma região com natureza impressionante: o Parque Nacional da Suíça da Boêmia. Desvendar este território praticando caminhada, ciclismo ou escalada é uma das melhores maneiras de conhecê-lo e se divertir.

A melhor rota

Hřensko, além de ser o lugar com o menor nível geográfico (116 metros) da República Tcheca e localizar-se entre rios e florestas, é o ponto de partida para bela rota circular. Esta vila tem vários restaurantes que permitem recuperar as forças após o término da caminhada. A trilha parte do belo desfiladeiro do rio Kamenice, ladeado por rica vegetação alimentada pelo microclima úmido e fresco que ali prevalece. Filtrada pela folhagem, a luz do sol ilumina os diferentes tons de verde, companheiros desse lindo passeio.

Para além de um pequeno pier, as paredes verticais impedem continuar por terra. Para ir além, você terá que utilizar uma embarcação. Os barcos, com capacidade para até 30 pessoas, são levados lentamente (percurso de 20 minutos) pelos timoneiros a montante, até o desembarque junto a uma área para piquenique. A jornada se faz em silêncio, ouvindo e percebendo o ambiente.

Mais adiante, o desfiladeiro se descortina em zigue-zague. O trajeto aquático transcorre entre árvores, até chegar ao magnífico arco de pedra que é chamado A Porta de Pravčická brána - marco natural mais importante da região, e o mais espetacular. A porta permanece escondida ao olhos, até chegarmos bem perto dela. Aparece de repente, e surpreende a todos. A primeira imagem é impactante, por conta do tamanho ponte e seu desafio à gravidade.

Jornada vertical

Na margem do rio Elba fica Děčín, totalmente integrada à natureza. Um passeio em bicicleta por esta cidadezinha começa em suas ruas e continua pela floresta, ou segue margeando o canal do rio e ao longo de desfiladeiro aberto, acarpetado por bosques de coníferas e caducifólias - árvores cujas folhas, no outono e na primavera, mostram coloridos fantásticos, mesclando vermelho, alaranjado e amarelo.

Děčín possui varanda de pedra natural sobre o rio, que pode ser acessada de carro ou a pé. Porém, a melhor maneira, além de inesquecível, é utilizar a via ferrata - (n.t.) Essa designação tem origem no idioma italiano, e é mundialmente utilizada no original (exceção à Alemanha, que utiliza o termo klettersteig). Qualifica o conjunto de estruturas e equipamentos artificialmente construídos em parede rochosa, com objetivo de facilitar e tornar segura a escalada, em trilhas de caminhada ou montanhismo. No site oficial, você encontra (boa tradução para o português) todas as informações sobre a via ferrata de Děčín - única na Europa a iniciar em rua urbana. Há caminhos com 16 diferentes níveis de dificuldade, 15 deles com extensão de 150 e 170 metros, e um com extensão de 12 metros (Caminho B – Ponte de Carlos). Todos eles terminam no mirante.

Cidade de Pedra

Desde Děčín, seguindo para oeste através de lindos bosques, você chega a Tiské stěny (razoável tradução para o português) - a Cidade de Pedra. A denominação é perfeita, porque os grandes blocos de pedra, ideais para escalar, são como edifícios, e os caminhos, como ruas - possuem passagens, cavidades que se assemelham a janelas, grandes formações com formas peculiares, e muito mais.

O mais aconselhável é perambular tranquilamente, a descobrir os recantos e procurar as diferentes formas que a erosão deu à rocha. Esgueirar-se e parar para apreciar a vista sobre a imensidão verde é um prazer simples, mas importante, porque alimenta a alma. Em Tisá, a localidade mais próxima, há pousadas e restaurantes para que, depois de apreciar a natureza, as forças sejam reabastecidas com a boa culinária local e o descanso, enquanto a lembrança caminha pela recente aventura colhida no Parque Nacional da Suíça da Boêmia.

Bem perto:

- O Órgão de Tchéquia, uma espetacular formação de basalto

-O hotel e restaurante Belvedér, uma varanda sobre o rio Elba

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Os lindos segredos da Passagem Lucerna, em Praga

Em Praga, a Cidade Nova é repleta de passagens que conectam edifícios e levam de uma rua a outra, em percurso repleto de lojinhas, cafés, ofertas culturais. O conjunto da Galeria Lucerna é considerado um dos mais interessantes. Descubra por quê.

Arquitetura Cultura Cultura Experiencia de viagem Sonhe
Cinco passeios para fazer com as crianças em Praga

Inúmeras atrações para crianças são oferecidas na República Tcheca, em especial na capital Praga. A seguir, oferecemos pequena mas muito apreciada seleção de atrações da cidade.

Café literário Experiencia de viagem Sabores Sabores
Cinco bibliotecas imperdíveis na República Tcheca

Na República Tcheca, bibliotecas em mosteiros, castelos e palácios guardam tesouros únicos que repousam em encantadores cenários.

Arquitectura Café literário Castillos y Palacios Cultura Cultura Experiencia de viagem Patrimonio
Pacotes