Seis excelentes razões para viajar pela Boêmia do Sul

Castelos, vilas encantadoras, lagoas criadas por grandes engenheiros, deliciosa gastronomia, muita cerveja e aventuras ao ar livre são algumas das propostas irresistíveis do sul de Tchéquia.

Por: Jess Garbarino

Publicado: Novembro 09, 2019

  1. Český Krumlov, o mais bonito

A 180 quilômetros de Praga e a 25 de České Budějovice.

Adorável. Český Krumlov é a cidade mais bonita da República Tcheca. Um recanto como em conto de fadas. Bonitas ruas com ares renascentistas... É assim que habitualmente é descrito Český Krumlov - com muita justiça. A cidade, que se ergue com toda a sua elegância em um meandro do rio Moldava, foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1992. O castelo domina o horizonte e é uma das visitas obrigatórias. No verão, é possível navegar pelo rio e colher vistas  privilegiadas. Em Český Krumlov há vários museus e exposições de arte moderna. Consideramos como o melhor conselho caminhar sem rumo por suas ruazinhas de sonho.

  1. Holašovice, barroco popular

A 28 quilômetros de Český Krumlov e a 17 de České Budějovice.

Um parque com pequeno lago e uma capela é o centro desta cidadezinha declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. A láurea é devido à sua arquitetura peculiar, exemplo mais bem preservado do barroco popular ou rústico - estilo que era moda nas áreas rurais da Boêmia do Sul, em meados do século 19. Holašovice pode ser visitado em apenas algumas horas. É interessante passear pelo Museu da Vida Rural, instalado em uma das casas locais por um morador aposentado.

  1. České Budějovice, boa vida e rica cerveja

A 160 quilômetros de Praga e a 25 de Český Krumlov.

Capital da província, České Budějovice é lugar agradável para passear e apreciar atrações como a praça Přemysl Otakar II, uma das maiores do país e onde estão localizadas a prefeitura e a belíssima Fonte de Samson – barroca, datada dos anos 1721 a 1727. Você poderá caminhar pela rua Planská, que leva à Torre Rabenštejnská, único vestígio da muralha que cercava a cidade. A rua mais pitoresca é a Hroznová. Para os amantes de cerveja, ótima pedida é a visita guiada à fábrica da Budweiser Budvar. Esta cerveja, fabricada sob mesma receita desde o século 14, protagonizou contra uma cervejaria norte-americana um dos mais antigos processos judiciais pelo uso de uma marca.

  1. Hluboká nad Vltavou, nobres caprichos

A 34 quilômetros de Český Krumlov e a 11 de České Budějovice.

O castelo Hluboká, cujo nome se refere a um poço localizado onde hoje é o saguão, é considerado um dos mais belos, e é um dos mais visitados de Tchéquia. Construído no estilo do Castelo de Windsor, pode ser percorrido durante visitas guiadas, para apreciar o requintado trabalho realizado em seus interiores, e as coleções de tapeçarias, móveis, porcelanas e armas reunidas pela família Schwarzenberg. Após a visita guiada, é boa ideia relaxar em seus jardins encantadores (é cidade é adorável, linda, organizada... simplesmente inesquecível. Visite o site de Hluboká nad Vltavou e avalie).

  1. Lipno, entre as copas das árvores

A 35 quilômetros de Český Krumlov e a 57 de České Budějovice.

No inverno ou no verão, quando os tchecos pensam nas férias em família uma das opções favoritas é Lipno, cidade com atrações para todas as estações. É localizada em frente a um grande reservatório, onde é possível praticar esportes aquáticos, e cercada por montanhas suaves, com pistas para esquiar. A oferta do destino se tornou ainda mais interessante desde a instalação de um caminho elevado 40 metros acima do solo. Ao longo de 675 metros, o caminho entremeia as copas das árvores e, ao final,  há imponente torre de observação, de onde você apreciará o magnífico ambiente natural do entorno.

  1. Třeboň, para dar a volta ao Mundo

A 27 quilômetros de Český Krumlov e a 47 de České Budějovice.

 Nas margens do Svět (Mundo, em tcheco) - maior lago artificial da sua época, a pitoresca Třeboň se ergue aprazível e pouco explorada, com suas fachadas renascentistas e barrocas. Ciclistas e caminhantes podem chegar a Třeboň, "dar a volta ao mundo" (trilha educacional) e, no percurso, visitar a cripta de Schwarzenberg, que consiste em edifício neogótico que, em termos arquitetônicos, conta dentre os mais notáveis do Sul da Boêmia. Na praça central, se você subir a escadaria da Antiga Prefeitura apreciará belas vistas a partir do topo da torre, e ouvirá algumas das lendas locais. O que mais há para ver em Třeboň? O charmoso Teatro J.K. Tyl; o castelo – um dos maiores complexos da Boêmia; o Canal Dourado – canal artificial construído entre 1505 a 1520, obra-prima do arquiteto e construtor Štěpánek Netolický. Třeboň é uma cidade termal, assim, e boa ideia é relaxar ou fazer tratamento (beleza ou saúde) em um de seus spas. Os amantes da gastronomia devem experimentar a carpa (peixe tradicional na cidade), provar maçapões (doce feito com massa de marzipan) e beber um bom jarro da cerveja local – a Regent.

 

 

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Praga, com nome e sobrenome

Ao planejar viagem a Praga, você tem certeza que encontrará muitas das esquinas percorridas por Franz Kafka. No entanto, ao caminhar por suas ruas, com o encantamento à flor da pele, você verá que esse não é o único nome próprio recorrente que o surpreenderá na bela capital da República Tcheca.

Experiencia de viagem Café literário
19 joias da República Tcheca reconhecidas pela Unesco

A República Tcheca possui 14 locais declarados Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco e outros 5 bens que constam da lista do Patrimônio Imaterial. Marque um encontro com esses tesouros durante sua próxima viagem ao país. 

Experiencia de viagem
Torre de televisão de Praga: vista de 360 graus

Praga é uma cidade para ser admirada do alto, e um dos melhores lugares para tal é a partir do edifício Tower Park Praha. Além de apreciar Praga das alturas, lá é possível tomar um café, ver detalhes urbanos por telescópios, jantar delícias ou hospedar-se no hotel que oferece um único apartamento.

Experiencia de viagem