Ricardo Saavedra: viajar, escalar, correr e promover Praga

Quando Ricardo estudava o seu mestrado na Escócia, uma garota tcheca o conquistou. Ele não mais a deixou – o que mudou foram os locais de residência. Primeiro, os Estados Unidos; depois, o México e, finalmente, Praga, onde vive há 12 anos. Hoje, dirige uma agência de viagens (“sou mexicano que promove Praga”, diz) e, nas horas vagas, Ricardo pratica escalada, natação e corrida. Aqui ele revela os segredos da capital da República Tcheca.

Por: Colaborador Convidado

Publicado: Outubro 09, 2019

Ao visitar Praga,  o que não deve ser perdido?

Eu vivo em Praga, que é a cidade mais turística da República Tcheca. Então, os locais de interesse são os mais famosos: a Ponte de Carlos, a Praça da Cidade Antiga e o Castelo de Praga. Embora sejam os mais conhecidos - e recomendo visitá-los, para apreciar esses lugares com um pouco mais de tranquilidade acho conveniente aproveitar os momentos quando há menor número de pessoas. Por exemplo, durante uma noite clara, apreciar o panorama da cidade a partir do Castelo de Praga é algo que vale muito. Ou caminhar pelas ruas estreitas do Bairro Pequeno (Malá Strana), calçadas por paralelepípedos e com suas luzes que, realmente, o transportam de volta no tempo.

Quando veio morar em Tchéquia, quais os costumes locais que mais o surpreenderam?

O que mais me surpreendeu é o volume de álcool que os tchecos bebem. Acima de tudo, cerveja. Eu aprendi a deixá-los beber no seu próprio ritmo, e eu, no meu.

Também fiquei surpreso com a facilidade com que os tchecos aprendem idiomas. É comum conhecer pessoas que falam pelo menos três ou quatro idiomas. É claro que o fato de a localização do país no centro da Europa significa que os tchecos precisam se comunicar constantemente em vários idiomas. Especialmente em Praga, que é uma das cidades mais cosmopolitas que eu já conheci.

Qual é o seu recanto/lugar favorito em Tchéquia, e por quê?

Meu lugar favorito é um recanto em Tchéquia pouco conhecido dos estrangeiros - o Paraíso Tcheco (Cesky Raj). Nesta  área, há muitas trilhas para você fazer caminhadas, e várias paredes para escalada - o que mais gosto de fazer.

Cesky Raj é área bastante arborizada e, como no restante do país para redutos do gênero, é muito bem cuidada, inclusive e muito pelos habitantes locais. Sem dúvida, é um dos lugares que eu mais gosto, para relaxar e aproveitar o tempo livre junto à natureza.

Na convivência com os tchecos, qual o acontecimento mais divertido que vivenciou?

Em uma ocasião, junto com meu sogro, fui correr às sete horas da manhã nos arredores da cidade de Liberec (norte de Praga). Durante o passeio, encontramos um amigo dele,  que nos convidou a ir à sua casa. Na chegada, a primeira coisa que ele nos ofereceu foi um cálice de ‘slivovice’ - licor de ameixa que, comumente, é feito na República Tcheca de maneira muito tradicional. Sendo tão cedo e sem ter tomado o café da manhã, obviamente eu não poderia tomar mais do que uma dose, enquanto meu sogro e seu amigo ingeriram várias. Ao final, eu tinha dúvidas sobre como poderíamos voltar ao hotel. Mais tarde, soube que essa situação não é tão rara, e é conhecida pelos tchecos como "a corrida dos índios".

Para qual restaurante você convidaria um amigo estrangeiro?

É preciso reconhecer que há cada vez mais restaurantes em Praga que oferecem excelentes opções. É difícil escolher apenas um, porque você deixa muitas alternativas de fora. Mas, tentando misturar história e boa comida, acho que posso recomendar:

  • Terraço do hotel U Prince: no mínimo para uma cerveja, este lugar tem vista para o castelo e o resto da cidade.
  • Restaurante Bellevue: a qualidade da comida é excelente, além de oferecer uma vista panorâmica do castelo.
  • Restaurante Lokal: na rua Dlouha. Você tem que visitar este lugar para conhecer o gosto e as preferências dos habitantes locais. Serve, principalmente, pratos tchecos e excelente cerveja.

Dois ou três pratos imperdíveis.

O pato e o ‘svíčková’ (contrafilé com molho à base de creme de leite) parecem-me os mais tradicionais da culinária tcheca.

Qual (ou quais) a sua cerveja tcheca favorita?

Dentre as marcas mais famosas, tomo principalmente Pilsner Urquell e Kozel. A cerveja local de Praga - a Staropramen, eu também gosto muito. Mas, recomendo visitar as pequenas cervejarias que fazem a sua própria cerveja.

Qual é a sua saída favorita na noite de Praga?

Atualmente, a maioria dos bares está localizada na Rua Dlouha, na Cidade Antiga. Existem bares e discotecas de todos os tipos, para que você possa escolher de acordo com quem o está acompanhando.

Outro ponto que os habitantes locais frequentam com assiduidade é a área de Smichov.

Conte-nos sobre algum lugar que deve ser visitado, fora do circuito turístico.

As regiões vinícolas ao sul da Boêmia, como Mikulov e Lednice-Valtice. Embora os vinhos tchecos não sejam muito conhecidos no exterior porque a produção é limitada, tais regiões elaboram vinhos brancos de excelente qualidade.

Durante o outono, nessas regiões há muitos festivais de degustação de vinhos.

Uma opção muito interessante para os que visitam aquelas regiões é hospedar-se em adega de um dos produtores locais, e provar os vinhos que produzem. Em muitos casos, o alojamento é bem próximo às vinícolas, o que permite aos visitantes degustar os vinhos sem a  preocupação de ter que dirigir em seguida.

Contato:

Ricardo Saavedra

Empresa: BRISAA International, s.r.o.  www.brisaa.com

Skype: brisaa_ricardo

Canais relacionados

Dica de local
Cinco mirantes para ver Praga, na República Tcheca

Chamada de “Cidade das Cem Torres”, Praga, capital da República Tcheca, fica linda vista do alto. Selecionamos aqui cinco mirantes em que valem a pena subir.

Dica de local Experiencia de viagem Itinerários
As cinco principais atrações de Praga, na República Tcheca

Se você nunca foi a Praga, capital da República Tcheca, veja aqui as cinco principais atrações da cidade, cada uma com uma dica especial. Mas saiba que há muitas, muitas outras atrações, e você provavelmente vai precisar de pelo menos três dias para ver bem a cidade.

Arquitectura Cultura Dica de local Experiencia de viagem Itinerários Patrimonio
Prazer, sou a República Tcheca. Mas pode chamar de Tchéquia.

Foi só a notícia sair e começaram a me perguntar:  - Vocês mudaram de nome?

Dica de local