Por que Praga chama Praga?

Essa é uma pergunta recorrente. E para a qual não existe uma resposta conclusiva. Uma coisa é certa: não tem nenhuma relação com pragas no sentido de pestes, doenças ou qualquer coisa assim. 

Por: Luiz Fernando Destro

Publicado: Dezembro 16, 2020

A palavra Praga denominando a cidade, em português, vem do original tcheco Praha (pra-rra).

Mas o que é o Praha tcheco? E por que foi escolhido como nome da cidade?

Praha é uma declinação (o tcheco declina, e bastante) do substantivo Prah. Que significa... soleira ou parapeito. Isso mesmo, uma soleira de porta, ou parapeito de janela. Bizarro, não?

Toda vez que eu estou fazendo um city tour em Praga (já tive o prazer de fazer alguns) solto essa pergunta para o guia. Ainda não recebi duas respostas iguais. Mas aqui vão algumas interessantes.

  • Praha é uma variação de uma antiga palavra eslava que significa “parte rase de um rio”. Teoricamente, Praga foi erguida em um trecho do rio Moldava que se podia atravessar, a pé ou a cavalo. Problema com essa teoria: NÃO DÁ para atravessar o Moldava a pé ou a cavalo, em nenhum lugar de Praga. Se desse, Carlos IV não teria construído a ponte que leva seu nome.

  • Praha é uma variação de uma antiga palavra visigoda Fraha, que significa “grande pedra”. O castelo está erguido de fato sobre uma grande pedra, acima do rio. Problema com essa teoria: Os visigodos não fundaram Praga. Nem sei se passaram perto de lá. Então, na melhor hipótese seria um visigodo que estava passando bem na época da construção do Castelo, em 870.  Se esse visigodo existiu, é oficialmente o primeiro turista da cidade

  • Alenda oficial (se é que uma lenda pode ser oficial), diz que a princesa Libuše reinava com seu marido Přemysl, nas colinas de Vyšehrad (que hoje é Praga, mas na época era tudo que havia). Um dia, Libuše teve uma visão: do alto da colina ela apontou para as florestas próximas e declarou “Vidím město veliké, jehož sláva hvězd se dotýkati bude.”. Claro que você entendeu o que ela disse, mas só para ser didático aqui vai a tradução: “Vejo uma grande cidade, cuja glória tocará as estrelas”. E instruiu seu povo a seguir naquela direção e construir um castelo no lugar em que encontrariam um carpinteiro fazendo uma soleira de porta. Eles foram, acharam o carpinteiro e a soleira e o resto é história. Problema com essa teoria: o que um carpinteiro fazia no meio da floresta? E por que ele fazia uma soleira naquele local? Tudo bem que lenda é lenda, porém quanto mais verossímil, melhor...

  • Outra de soleira: Praga é variação da mesma palavra Prah, que significa soleira, mas se refere às soleiras, ou margens, do rio Moldava, onde Praga nasceu e cresceu. Problema com essa teoria: existe uma palavra tcheca para margem de rio, e não é Prah...

A verdade, portanto, é que ninguém sabe ao certo. Mas todo mundo tem uma história para contar. Faça você mesmo o teste: quando for a Praga, pergunte ao guia a origem do nome da cidade. Se conseguir uma nova versão, mande para gente.

Eu, por enquanto, vou ficar com a versão do site da CzechTourism, sem dúvida a mais poética. Ela cita o autor austríaco Gustav Meyrink, que disse “O nome de Praga não é por acaso. Ela é de fato uma soleira, uma soleira entre a vida na Terra e no Paraíso. Uma soleira muito mais estreita que em tantos outros lugares...! “

 

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Brno, uma descoberta a cada movimento

Brno é uma das cidades tchecas que mais repercutem na mídia. Muito é escrito sobre suas atrações turísticas, de palácios aos subterrâneos. Mas, Brno tem outro lado atrativo – o da tecnologia. No mais, as inúmeras facilidades para locomoção animam vivenciar cada diferente aspecto da cidades e arredores.

Experiencia de viagem
Um navio, o entardecer, um jantar, e Praga vista do Rio Moldava

Para vivenciar esta experiência, você tem que navegar pelo Rio Moldava, a bordo do luxuoso navio-restaurante Lužnice, com jantar incluído, a passar sob as pontes da bela capital da República Tcheca.

Experiencia de viagem
Brno uma descoberta a cada movimento

Brno é uma das cidades tchecas que mais repercutem na mídia. Muito é escrito sobre suas atrações turísticas, de palácios aos subterrâneos. Mas, Brno tem outro lado atrativo – o da tecnologia. No mais, as inúmeras facilidades para locomoção animam vivenciar cada diferente aspecto da cidades e arredores.

Experiencia de viagem