Pavel Dvorak: a história de brno é contada em espanhol

Além de tocar piano com paixão e maestria, ensinar história na universidade e praticar esportes, Pavel adora fazer uma turnê em Brno, contando aos visitantes - em espanhol - os grandes segredos de sua cidade. "O espanhol é uma língua interessante, super divertida e segue uma lógica semelhante à do tcheco", diz ele.

Por: Colaborador Convidado

Publicado: Setembro 23, 2019

O que é imperdível em Brno durante uma visita?

Villa Tugendhat: obra-prima do arquiteto Ludwig Mies van der Rohe, é uma construção absolutamente excepcional. É uma das casas particulares mais importantes da arquitetura moderna da primeira metade do século XX. Sem exagero, é maravilhosa. Pertence aos doze monumentos tchecos  inscritos na lista da Unesco.

Ringstrasse de Brno: é uma avenida circular que circunda o centro histórico. Construído na segunda metade do século XIX, possui muitos edifícios elegantes e imponentes (salas de concertos e teatros, faculdades universitárias, igrejas, tribunais de justiça, museus e galerias, palácios da burguesia, etc.). É um exemplo magnífico da arquitetura historicista (também chamada revivalista). 

Praça do Mercado e Praça Maior: corações da cidade.

Catedral de São Pedro e São Paulo e seus arredores.

Castelo Špilberk : localizado em uma colina, proporciona a você a vista panorâmica fantástica.

Igreja de Santiago : um reino do gótico. Também vale visitar o seu ossuário, bem como a cripta da Igreja Capuchinha.

As prefeituras – a antiga e a nova. 

Os cafés são fantásticos. Os bares do vinho são típicos. As cervejarias são obrigatórias.  

Qual é a anedota mais engraçada da sua cidade?

Era uma vez (no século 15) um tempo quando a cidade foi sitiada por tropas inimigas, durante uma guerra civil. Um vereador municipal, provavelmente corrupto, tentou abrir o portão da cidade para eles. No entanto, seu plano foi descoberto e ele foi punido. Foi emparedado ao lado da prefeitura. Seu rosto pode ser visto até hoje, cerca de quatro metros acima do solo. Claro, é pedra. E não sorri. 

Comente sobre três lugares da moda entre os habitantes locais.

A Praça de Santiago (Jakubské náměstí) e seus arredores: é um espaço encantador no centro histórico da cidade. Está rodeado por muitos edifícios bonitos, e há muitos bares e restaurantes novos, além dos tradicionais. À noite, especialmente no verão, sua atmosfera é mágica. As pessoas locais se reúnem, se divertem, comem e bebem, e a igreja monumental de Santiago iluminada domina todo o espaço. 

Os pomares de Denis (Denisovy sady): é um pequeno parque aconchegante, um lugar tranquilo sob as torres da catedral, com colunata romântica, obelisco egípcio e vários terraços dos quais você pode desfrutar de vistas panorâmicas da cidade. Parece especialmente criado para descansar ou fazer um piquenique. 

Praça da Morávia (Moravské náměstí): é uma grande praça cuja parte mais próxima do centro da cidade se tornou recentemente um lugar muito popular entre moradores e visitantes. Durante a sua renovação, as estátuas alegóricas das quatro virtudes cardeais foram instaladas aqui. Entre elas, se destaca a estátua da Fortaleza, simbolizada por um governante da Morávia medieval montado em um cavalo com pernas extraordinariamente longas. Ninguém resiste a passar debaixo da estátua equestre. 

Para qual restaurante você convidaria um amigo estrangeiro?

Os melhores pratos tchecos são servidos no restaurante do Hotel Pegas (eles têm sua própria cervejaria); e na Stopkova pivnice (onde oferecem a famosa Pilsner Urquell). Se ele gosta de cozinha moderna, eu o levarei ao Bistro Soul . 

Em Brno, quais os pratos imperdíveis?

Sopas: são muito comuns, consumidas todos os dias. Há uma grande variedade delas. Sopa de alho, goulash, sopa de lentilha, sopa de repolho, caldos etc. 

Svíčková: lombo marinado com bolas de massa de farinha e pão (knedlíky), além de molho de cenoura, salsa e creme. Tradicionalmente, é servido com cranberry (mirtilo vermelho). 

Vepřo, knedlo, zelo: carne de porco assada, servida com couve e  bolinhos de massa de farinha. 

Goulash: carne vermelha com molho de cebola, pimenta e páprica. É servido com bolinhos de massa de farinha, ou com crepes de batatas raladas. 

Řízek: escalope de porco ou frango, frito, à milanesa. Geralmente, é servido com batatas, ou purê de batatas, ou salada russa. 

Para a sobremesa, por exemplo, pães recheados com geleia de ameixa ou com requeijão. Há muitos mais.  

Qual é a sua saída favorita na noite de Brno?

Para bebidas (vinho ou cerveja), gosto de ir ao U tří knížat (bar de vinhos); ao Hotel Pegas (cervejaria); ao U zelené kočky (restaurante e taberna), entre outros.

Conte-nos sobre algum lugar que deve ser visitado, fora do circuito turístico.

A maioria dos monumentos históricos está localizada no centro da cidade. No entanto, se você gosta de passear, pode pegar um bonde ou ônibus e, depois de vinte ou trinta minutos, estará em um mundo muito mais calmo. Por exemplo, você pode ir para Bystrc ou Žebětín, e encontrará florestas, rotas bem demarcadas e um grande reservatório, frequentado por muitos moradores, para lazer ativo ou passivo. Você pode pegar um barco que atravessa o lago e seguir para o antigo castelo de Veveří, que ainda está nos limites de Brno, ou pode ir a pé, é claro. Há algumas belas trilhas para caminhadas em Líšeň (Mariánské údolí – Vale Mariana), Soběšice e Útěchov , Kohoutovice etc. Para qualquer desses lugares você poderá ir por transporte público, que é bastante barato e rápido. Se você estiver interessado em ver um conjunto de casas luxuosas da corrente funcionalista, o estilo arquitetônico moderno e de vanguarda que Brno dominou nos anos 20 e 30 do século XX, vale visitar Kraví Hora. Ali há dezenas dessas construções. Kraví Hora é um bairro central, muito tranquilo e muito interessante. E se, de repente, você quiser tomar um café, visite a cafeteria Clafé. 

Qual recordação da sua cidade você ofereceria a um amigo estrangeiro?

Uma garrafa de vinho da Morávia do Sul, cuja capital é Brno. Os vinhos locais são excelentes.

 

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Paraíso da Boêmia: torres de pedra e castelos à beira de abismos

A apenas uma hora de carro desde Praga, a paisagem muda radicalmente. Torres de sólidas rochas e castelos elevam-se à beira de falésias perturbadoras - é o Paraíso da Boêmia, um geoparque reconhecido pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade.

Experiencia de viagem
Flores de pedra. Parece poesia, mas é souvenir.

Karlovy Vary já inspirou vários artistas. Beethoven escreveu lá uma de suas sinfonias. Goethe frequentava o Café Elefant, até hoje um ponto de encontro na cidade. Para não falar dos filmes gravados na cidade...

Experiencia de viagem
Brno uma descoberta a cada movimento

Brno é uma das cidades tchecas que mais repercutem na mídia. Muito é escrito sobre suas atrações turísticas, de palácios aos subterrâneos. Mas, Brno tem outro lado atrativo – o da tecnologia. No mais, as inúmeras facilidades para locomoção animam vivenciar cada diferente aspecto da cidades e arredores.

Experiencia de viagem