Oito visitas inspiradoras em Litomyšl, a cidade das musas

Quanto você sabe sobre Litomyšl? E sobre arte? Essa cidade tcheca pode ser considerada a casa das musas. Mesmo quem não tem arte como preferência, muda de ideia diante dos cenários presentes nessa cidade. Nós o convidamos a descobrir a calma beleza de Litomyšl através de passeios essenciais.

Por: Colaborador Convidado

Publicado: Dezembro 01, 2022

Mais do que uma cidade para visitar, Litomyšl é para contemplar e desfrutar com todos os sentidos, como se estivéssemos diante de fascinante romance, hipnótica pintura ou a ouvir cativante melodia. Nessa pequena cidade de apenas dez mil habitantes e a escola primária onde o escritor Alois Jirásek ensinou por quatorze anos, o Festival Smetana Litomyšl - um dos mais importantes do país - é celebrado em homenagem a esse compositor mundialmente famoso que, como claro paradigma da identidade tcheca, nasceu na cervejaria do castelo local.

Da música clássica às degustações marcantes, Litomyšl é palco do Festival Gastronômico Magdalena D. Rettigová, realizado em homenagem àquela que, graças aos seus livros de receitas e, em particular, à sua famosa receita de tártar de carne, conseguiu transcender o seu tempo e somou entre suas amizades Božena Němcova, a admirada autora do romance A Avó (Babička). Božena viveu em Litomyšl entre 1839 e 1940 e ali trabalhou para publicar suas obras completas.

Litomyšl se orgulha por reunir tantos nomes brilhantes da cultura tcheca mas, sobretudo, por ser a cidade aonde se respira arte a cada passo. Esta afirmativa faz eco nas esculturas de Olbram Zoubek (conhecido, em especial, pelo seu Monumento às Vítimas do Comunismo, em Petřín), que podem gerar no visitante qualquer tipo de reação, exceto indiferença. Outro exemplo das artes que permeiam Litomyšl é o excêntrico esgrafito do pintor da Primeira República, Josef Váchal - os  esgrafitos feitos por ele decoram a pitoresca rua que leva seu nome. A arte sonora é uma constante, a soar dos pequenos mas potentes alto-falantes instalados em diferentes partes de uma cidade na qual até o descanso é emoldurado por arte, graças aos incríveis bancos da praça com formas nada convencionais, por exemplo, reprodução de gôndola veneziana ou roupas dependuradas no varal.

Litomyšl é, sem dúvida, a cidade das musas e sua marca mudará as mentes mesmo daqueles que estão convencidos de que a arte não é da sua conta. Segue um tour por alguns dos recantos mais interessantes, os quais, claro, têm algo em comum - a inspiração.

O que ver em  Litomyšl - oito visitas inspiradoras

1. Castelo, parque e jardim

Patrimônio cultural da Unesco desde 1999, o Castelo de Litomyšl, construído em meados do século 16, é o monumento renascentista mais importante de toda a República Tcheca e um dos mais impressionantes, entre outros motivos, pelo seu particular esgrafito nas fachadas e frontões. Esse castelo, onde nasceu o famoso compositor Bědrich Smetana, tem o privilégio de resistir à passagem do tempo e manter a aparência externa. Além do que, seus interiores foram enriquecidos por série de reformas, que lhes conferiram alguns toques barrocos. Nele, salões cerimoniais resplandecentes e grande sala de jantar somam-se ao teatro do século 18. Igualmente imperdíveis  são o parque inglês e o jardim francês estatuário.

2. Praça Smetana

Pela sua forma alongada, a Praça Smetana em Litomyšl é uma das maiores da República Tcheca e,  provavelmente, uma das mais coloridas. O entorno da praça é marcado por casas com fachadas em diferentes tonalidades e  inclui outras atrações, tais como o prédio gótico da antiga prefeitura com suas arcadas, galerias comerciais e bela fachada e a Casa dos Cavaleiros. Por outro lado, essa praça projeta ecos e ressonâncias na história e cultura tchecas, como indica a estátua do compositor Bedřich Smetana e a placa na casa onde viveu, em Litomyšl, a célebre escritora tcheca Božena Němcova.

3. Igreja Piarista do Descobrimento da Cruz

Como revelam os azulejos junto à entrada, a pedra fundamental da Igreja Piarista do Descobrimento da Cruz foi lançada em 1714. O imponente altar e as esculturas barrocas, juntamente com a série de grandes cubos brancos instalados no alto para realçar a acústica dão a este centro espiritual de Litomyšl atmosfera inigualável. A igreja oferece muitas surpresas interessantes - por exemplo, se visitarmos a torre desfrutaremos de vistas maravilhosas do castelo e, em uma das salas laterais, há  exposição sobre o cristianismo que pode agradar a adultos e crianças, além da curiosa exposição permanente sobre o cristal de urânio que flui como lava, brilhando nas profundezas da cripta da igreja.

4. Museu de Bonecas e Brinquedos

Assim como os filhos, os pais apreciarão o Museu das Bonecas e Brinquedos que fica mesmo em frente ao castelo. O museu tem amplo acervo - além de hračky (brinquedos) de todos os tipos e épocas, inclui casas de bonecas. Alguns exemplares ficam expostos nos parapeitos das janelas do prédio, mas a verdade é que vale entrar e visitar essa que é verdadeira homenagem à diversão, a despertar alegria nas crianças e nostalgia nos adultos.

5. Jardins do Convento e Jardim Zen

Para fazer uma pausa nos estímulos oferecidos por Litomyšl, basta dar um passeio ou descansar um pouco nos Jardins do Convento. Além de oferecer vista para belo panorama da cidade, esses jardins entretêm nossos sentidos com esculturas de Olbram Zoubek em torno da fonte da água e a sempre presente música clássica, cujo som é tão claro que, por um momento, podemos pensar que vem de concerto ao vivo e não do alto-falante quase invisível. Seguindo o caminho do relaxamento, muito perto desses jardins, no lado oposto da praça e onde está a estátua de Alois Jirásek - o famoso autor das lendas tchecas antigas -, está o jardim Zen, onde uma série de ancinhos nos convidam a contribuir com nosso granito de areia à incrível arte presente em Litomyšl.

6. Rua e Museu Josef Váchal

A pitoresca rua com o nome do excêntrico e multifacetado artista Josef Váchal apresenta série de esgrafitos que originalmente ilustraram a obra literária Romance Sangrento (Krvavý román), um dos livros mais conhecidos desse autor. Além disso, vale visitar Portmoneum, o pequeno museu ambientado na casa onde morou Josef Portman, grande admirador de Josef Váchal. O curioso espaço permite contemplar duas salas pintadas por Váchal no início dos anos vinte, encomendadas pelo próprio Portman. Embora sejam apenas duas salas, levará muito tempo para digerir cada uma das referências místicas que, do chão ao teto, decoram esses ambientes com uma série de cores que, de tão expressivas, podem ser quase chocantes. Em seguida, um filme de quinze minutos projetado no sótão da casa explica de forma divertida a vida e a obra desse curioso autodidata que se inspirou em fontes tão díspares como teosofia, satanás, Tarzan, esoterismo e nas obras de Paul Gauguin. O único ponto negativo é que o museu não permite tomadas fotográficas.

7. Campo de “footgolf” recreativo

Como para nos dizer que além do campo artístico nunca devem faltar boas ideias com diferentes apelos, grande área de lazer é localizada a cerca de vinte minutos a pé desde o centro de Litomyšl. Nessa área, ambiente relaxante e muito rico em natureza, há o que à primeira vista parece um campo de golfe,  surpreendente pelas dimensões dos buracos. Nem tanto, nem tão pouco. Na verdade, trata-se da síntese perfeita de dois esportes tão distintos como atraentes - golfe e futebol. Chamado de "footgolf", esse espaço permite divertimento durante várias horas. Para matar a sede e recarregar energias, há por perto um quiosque que serve, por exemplo, salsichas tchecas, deliciosas cervejas e permite recarregar bateria de bicicleta elétrica.

8. Cave do Castelo de Litomyšl

Para quem sente atração especial por explorar passagens subterrâneas, é imperdível visitar o subsolo do Castelo de Litomyšl que, como em tantos outros pontos da cidade, tem o encanto das sugestivas esculturas de Olbram Zoubek (1926-2017), somado a vantagem de poder ouvir, na própria voz do artista, as explicações sobre muitas das suas obras. Tudo isso enquanto o visitante embarca em uma espécie de caça ao tesouro "dionisíaca", que consiste em encontrar várias garrafas de vinho espalhadas pelo caminho. Cada achado vai, claro, merecer uma degustação e um bom brinde ao que cada um escolhe, incluindo a existência desta cidade incrível que conseguiu fazer da arte seu motivo condutor.

Continue lendo...

O fantástico mundo paralelo criado em Litomyšl

Cinco cidades tchecas que você provavelmente nunca ouviu falar, mas devia conhecer

Música tcheca, a cultura que entra pelos ouvidos

Canais relacionados

Arquitetura Cultura
Bibliotecas da República Tcheca, tesouros escondidos em mosteiros e palácios

As bibliotecas mais bonitas da República Tcheca estão localizadas em locais privilegiados e em salas repletas de história, onde a cultura passeia entre páginas e prateleiras. Durante a sua próxima viagem à República Tcheca, aceite nosso convite para conhecer as cinco mais espetaculares dessas bibliotecas, abrigadas em palácios e mosteiros.

Arquitetura Arte Cultura Patrimônios
Sky bridge 721, a ponte suspensa mais longa do mundo

Desde o dia 13 de maio (2022), quando foi inaugurada, a Sky Bridge 721, ponte suspensa a 95 metros do solo, enriquece as atrações da vila Dolní Morava, localizada na Baixa Morávia, República Tcheca. Com 721 metros de comprimento, é a ponte suspensa mais longa do mundo, é localizada no sopé da montanha Králický e oferece inesquecível experiência de viagem.

Arquitetura Aventura Esportes Experiencia de viagem Natureza
Oito visitas inspiradoras em Litomyšl, a cidade das musas

Quanto você sabe sobre Litomyšl? E sobre arte? Essa cidade tcheca pode ser considerada a casa das musas. Mesmo quem não tem arte como preferência, muda de ideia diante dos cenários presentes nessa cidade. Nós o convidamos a descobrir a calma beleza de Litomyšl através de passeios essenciais.

Arquitetura Cultura
Pacotes