Dolní oblast vítkovice: coração de ferro

O antigo centro industrial da cidade de Ostrava tornou-se um incrível complexo cultural e arquitetônico imperdível para viajantes que buscam experiências verdadeiramente diferentes. Dolní oblast Vítkovice renasceu de suas cinzas, mudou sua vocação e hoje abre seu coração de ferro para mostrar sua beleza em estado bruto.

Por: Jess Garbarino

Publicado: Março 07, 2022

O ideal de beleza evoca delicadeza, harmonia e até certa transitoriedade. No entanto, quando você caminha entre as enormes estruturas de Dolní oblast Vítkovice, em Ostrava, o conceito ganha outra dimensão: o belo também pode ser sólido, imponente, enferrujado, dilapidado.

A antiga usina de beneficiamento de carvão, seus altos-fornos e a mina que faziam parte do complexo industrial esgotaram sua energia metalúrgica há mais de duas décadas. A instalação abandonada logo depois se tornou um Monumento Cultural Nacional protegido e, após um cuidadoso processo de adaptação liderado pelo arquiteto Josef Pleskot, ganhou uma nova vida como um centro educacional, cultural e social, dando à cidade de Ostrava um lugar merecido na lista de desejos dos viajantes que procuram por novas experiências.

Nova vocação

A história de Dolní Vítkovice começa em 1828, quando o carvão começou a ser extraído da mina de Hlubina para produzir ferro-gusa. A fábrica trabalhou sem parar por 162 anos, até que a última fundição foi feita em 1998. O local ficou abandonado por um tempo, enquanto se decidia o que fazer com aquela estrutura única. Finalmente, em 2007 decidiu-se adaptar o local como centro cultural, social, educacional e de entretenimento.

O arquiteto checo Josef Pleskot foi o responsável pela execução do projeto de transformação de Dolní Vítkovice, cujo último marco foi a inauguração da Torre Bolt, em 2015. Assim, atualmente, este espaço de quase 15 hectares reúne mais de um milhão de visitantes por ano e hospeda festivais de renome internacional, como Colors of Ostrava e Beats for Love.

Visitas guiadas

O Centro de Visitantes é o ponto de partida para os vários tours e o melhor local para iniciar qualquer passeio. Lá você pode optar por fazer uma das visitas guiadas que explicam como o local funcionava no passado, pode ter acesso ao Bolt Café, que fica no topo da torre mais alta do complexo, visitar o auditório Gong ou comprar ingressos para os dois museus interativos.

O menu da visita guiada oferece cinco opções: a mais completa inclui todas as instalações do Monumento Cultural Nacional, a subida à Torre Bolt e a visita aos altos-fornos; a segunda opção visita um dos altos-fornos; a terceira é chamada de Rota do Carvão; a quarta é um pequeno passeio pela Torre Bolt, com possibilidade de refrescos no café em seu topo, e a última é uma visita ao Auditório Gong, que ocupa o espaço do antigo gasômetro.

Há tanto para ver e experimentar em Dolní Vítkovice que o melhor é saber o que cada espaço oferece para priorizar de acordo com o gosto de cada viajante.

Torre Bolt

Para ter uma visão panorâmica completa do antigo polo industrial, nada melhor do que subir até o ponto mais alto, que no caso de Dolní Vítkovice é a Torre Bolt, em homenagem ao atleta Usain Bolt. A estrutura, construída em 1911, funcionava como Alto Forno nº 1, onde eram produzidas cerca de 1.200 toneladas de ferro-gusa por dia. Hoje, a torre de quase 80 metros de altura é um dos principais pontos das visitas guiadas e é encimada pelo café mais alto de Ostrava, cercado por uma passarela emocionante, de onde você pode obter vistas imbatíveis.

Malý Svět Techniky U6 - Centro de Ciência e Tecnologia U6

Os viajantes que já foram inspirados pelo escritor Júlio Verne vão se deliciar com a antiga casa de força U6 de Dolní Vítkovice. Dois ventiladores antigos de 900 toneladas cada um foram cercados por uma centena de gadgets interativos que explicam ciência e tecnologia de forma prática e divertida. Toda a exposição está ambientada no espírito dos romances de Júlio Verne e você pode ver as invenções que influenciaram nosso cotidiano, além de produzir uma chapa de aço, construir uma ponte de ferro, gerar eletricidade, examinar um submarino e até dirigir um carro Škoda antigo.

Velký Svět Techniky (Centro de Ciência e Tecnologia)

A grande fachada espelhada do mais moderno edifício de Dolní Vítkovice reflete igualmente o ostensivo complexo industrial e as colinas verdes pontilhadas de pequenas florestas, colocando natureza e tecnologia no mesmo cartão-postal. No seu interior, quatro exposições interativas permanentes conseguem captar o interesse dos visitantes durante várias horas: O Mundo das Crianças, Ciência e Descobertas, A Civilização e A Natureza. O local, inaugurado em 2014, também conta com um cinema 3D.

Multifunkční Auditorium Gong (Auditório Multifuncional Gong)

O antigo gasômetro expansível, com capacidade para 50.000 metros cúbicos, foi convertido em uma magnífica sala de concertos e conferências, cujo palco possui janelas que revelam a paisagem industrial externa. Sem dúvida, o Gong é um marco arquitetônico de Dolní Vítkovice, já que recebeu vários prêmios internacionais. E também é um verdadeiro sobrevivente, pois durante décadas uma bomba da Segunda Guerra Mundial dormiu sob sua superfície explosiva e, quando finalmente foi removida, os especialistas confirmaram que estava ativa. O complexo inclui o museu de arte moderna dedicado ao artista Milan Dobeš, onde também estão expostas obras de criadores de renome mundial, como Josef Albers, Getulio Alviani e Andy Warhol, entre outros.

Hlubina

A área da antiga mina de carvão está aberta ao público desde 2015, fazendo parte do complexo industrial-cultural. Os antigos edifícios administrativos se transformaram em uma espécie de bairro multifuncional dedicado à arte à criatividade, com salas de cinema, paredes de escalada, sofisticados pula-pulas, espaços para que músicos possam ensaiar, estúdios de gravação, salas de apresentação e até um salão de baile. A área também é visitada durante a visita guiada Rota do Carvão.

Mais informações sobre o DOV.

Hospedagem no local

Para quem quer viver a experiência DOV completamente, ou pretende assistir a um dos festivais ali organizados, existe um hotel de duas estrelas (do tipo hostel, simples, moderno, acolhedor) a poucos metros do Gong, chamado VP1.

 

Complemento necessário

A experiência industrial estará completa quando você visitar o Landek Park, uma grande área de lazer localizada a poucos quilômetros do DOV. O local conta com ciclovias, espaço para camping, instalações esportivas, restaurantes e o maior museu mineiro da República Tcheca. O museu oferece passeios pela mina (adaptados para garantir a segurança do visitante) liderados por ex-trabalhadores da indústria. Lá também é possível viajar em um trem de mineração original, apreciar uma exposição sobre um resgate, visitar os vestiários e vivenciar como era um dia de trabalho no subsolo nos tempos passados.

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Sopas, as delícias tchecas para o inverno

A gastronomia tcheca tem diversas sopas em seu cardápio – todas deliciosas. Descubra um pouco mais sobre esta parte quentinha e reconfortante da República Tcheca. E, se der água na boca, baixe o nosso especial de sopas, com oito receitas para fazer em casa.

Experiencia de viagem
História de duas bebidas com a mesma linguagem

Entre jarras e taças se avista o personagem tcheco, fazendo cena a cada brinde entre cervejas e vinhos. Dissemos vinho? Sim, e o fato é que a República Tcheca, além de paraíso para os cervejeiros, é país a ser descoberto quando o assunto é vinho.

Experiencia de viagem Sabores
Telč: uma cidade em tons pastel

A Dama Branca, o fantasma mais famoso da República Tcheca, deixou sua marca lendária também nesta pequena e pitoresca cidade.

Experiencia de viagem
Pacotes