Cruzeiros pelo Moldava

Navegar pelo rio que corta Praga é uma experiência única. Além de momentos tranquilos, pode-se ver a cidade e suas pontes por um outro ângulo, não menos bonito.

Por: Luiz Fernando Destro

Publicado: Novembro 24, 2020

Existe um rio que é 100% tcheco. Não, não é o Danúbio ou o Elba – o primeiro nem passa em terras tchecas, o segundo passa, mas também toca Polônia e Alemanha. O rio tcheco “da gema” chama-se Vltava para os tchecos, que gostam de comer consoantes. Para nós, latinos, ele atende pelo singelo nome de Moldava.

O Moldava nasce, corre e morre na República Tcheca. Nasce nas montanhas Šumava, próximo à fronteira da Áustria, e corre rumo ao norte, cortando várias cidades, incluindo Česky Krumlov, Česke Budejovice e Praga, para finalmente desaguar no Elba. E, embora seja navegável em muitos trechos, não é navegável de ponta a ponta (por enquanto). Por isso, os grandes barcos de cruzeiros fluviais não chegam a Praga (de novo, por enquanto).

Mas, se está em Praga é possível, sim, fazer pequenos cruzeiros locais, navegando por entre as belezas de Malá Strana e Hradčany, de um lado, e de Josefov e Cidade Velha, do outro. Não é uma extensão longa, e por isso os navios costumam subir e descer o rio várias vezes, o que não é ruim, porque permite ver e rever as muitas atrações. Existem vários tipos de cruzeiros, sendo os mais comuns:

- Cruzeiro turístico – Geralmente de 30min a uma hora. O barco sobre e desce o rio, passando em frente às construções mais interessantes. Pode incluir um guia ou áudio-guia, e pode incluir um refresco ou cerveja.

- Cruzeiro noturno – Aproveita a beleza da cidade de Praga com seus monumentos iluminados a noite. Pode ser curto, como o turístico diurno, ou pode ser um pouco mais comprido, e aí inclui um happy hour com bebidas e comidinhas.

- Cruzeiro com jantar – Faz o percurso noturno e inclui um jantar em estilo bufê e open bar de cerveja e algumas outras bebidas. Bom para combinar passeio e refeição.

- Cruzeiro de Jazz – É bem famoso o cruzeiro que junta um jantar com apresentações de jazz ao vivo. À beleza do cenário soma-se uma música agradável – e os comes e bebes, é lógico.

- Cruzeiro evento – Se você tem um grupo grande e quer fazer uma coisa diferente, dá para alugar um barco para chamar de seu e fazer um evento privado. Com comida, bebida e música ao vivo.

- Cruzeiro temático – Existem também alguns barquinhos históricos, para fazer um passeio à moda antiga. Vale pelo diferente.

Se você é do tipo que enjoa só de olhar o barco atracado, não se preocupe. No rio, os barcos têm fundo chato e, por isso, não balançam.

Há várias companhias de navegação que operam os cruzeiros no Moldava, e geralmente dá para comprar seu bilhete na hora. Os dois locais mais conhecidos de embarque são no início da Ponte Carlos, lado da Cidade Velha, e no cais em frente ao antigo hotel Intercontinental, no final da rua Pařížská. Gostou? Então todos a bordo!

Canais relacionados

Experiencia de viagem
As cinco igrejas mais bonitas de Praga, capital da República Tcheca

A cidade de Praga, capital da República Tcheca, possui inúmeras igrejas, de todos os estilos. Aqui, trazemos cinco das mais bonitas, com uma curiosidade sobre cada uma delas.

Arquitectura Arte Experiencia de viagem
Praga : viagem do desamor à paixão

Reconheço que meu relacionamento com a cidade de Praga foi uma jornada percorrida desde o desamor à paixão. Eu explico.

Experiencia de viagem
Olomouc, para todos os gostos

Localizada na Moravia Central, na República Tcheca, Olomouc fascina pelo volume de patrimônio histórico e cultural que acumula, e a diversidade de atividades interessantes oferecidas na cidade e em seu entorno.

Experiencia de viagem