Cinco lugares de turismo religioso judaico no Destino Tchéquia

A história do judaísmo na Europa passa pela República Tcheca. Não só em Praga, mas também em outros locais. Descubra cinco deles nesse artigo.

Por: Luiz Fernando Destro

Publicado: Outubro 17, 2022

Por muitos séculos os judeus foram parte fundamental da sociedade tcheca. Desde os antigos reinos da Boêmia e Morávia, até a Tchecoslováquia do século XX, a marca dos judeus tem sido uma constante. Aqui, cinco lugares emblemáticos para o turismo relacionado à religião judaica.

O museu e o cemitério judeu em Praga

Por muitos séculos, os judeus de Praga só podiam viver (e morrer) em um canto da cidade, limitado pela curva do rio Moldava. Esse antigo gueto foi desmantelado depois que José II permitiu que os judeus vivessem em qualquer lugar, e o novo bairro ganhou o nome de Josefov, em homenagem ao imperador. Novos e elegantes edifícios surgiram mas, do antigo gueto, ainda resta o impressionante cemitério, com um sem-fim de lápides, anexo ao museu judaico.

 

Sinagoga de Pilsen

A apenas 90 km de Praga, a cidade de Pilsen também contava com uma grande comunidade judaica. Tanto que lá foi erguida a segunda maior sinagoga da Europa, e a terceira maior do mundo. Recentemente restaurada, a construção é um orgulho da cidade, e uma lembrança perante de sua herança judaica.

 

O campo de concentração de Terezin

Infelizmente, nem só de boas lembranças vive o passado judaico na Tchéquia. O campo de concentração de Terezin, ao norte de Praga, nos lembra da grande tragédia decorrente da Segunda Guerra, quando muitos judeus foram levados, e nunca mais retornaram.

 

O centro histórico de Třebíč 

Na região de Vysočina, entre a Boêmia e a Morávia, está a cidade de Třebíč. Em seu centro histórico está preservado o antigo gueto judeu, onde por muitos séculos coexistiram, harmonicamente, judeus e cristãos. A sinagoga bem conservada é o destaque entre as edificações.

 

A sinagoga Nova-Velha, em Praga

De volta à capital tcheca, e de volta ao bairro de Josefov, é preciso mencionar uma das seis sinagogas remanescentes na área. A sinagoga Nova-Velha é uma das mais antigas da Europa, e abriga a lenda do Golem, a criatura do rabino Lowe, feita para ajudar o povo judeu. Segundo a lenda, o Golem está escondido na sinagoga, à espera de ser chamado por seu mestre.

Canais relacionados

Arquitetura Cultura
Villa Tugendhat de Mies van der Rohe e outras joias de Brno

Villa Tugendhat é daqueles marcos que sempre aparecem nos tratados de arquitetura como grande exemplo do funcionalismo, e presença frequente na seleção das melhores obras do conhecido arquiteto e designer industrial Ludwig Mies van der Rohe. No entanto, é raro ler sobre a fascinante história dos seus proprietários, abordada neste artigo, assim como a Villa Tugendhat e outras visitas interessantes em Brno.

Arquitetura
Oito visitas inspiradoras em litomyšl, a cidade das musas

Quanto você sabe sobre Litomyšl? E sobre arte? Essa cidade tcheca pode ser considerada a casa das musas. Mesmo quem não tem arte como preferência, muda de ideia diante dos cenários presentes nessa cidade. Nós o convidamos a descobrir a calma beleza de Litomyšl através de passeios essenciais.

Arquitetura Cultura
Cinco lugares de turismo religioso judaico no Destino Tchéquia

A história do judaísmo na Europa passa pela República Tcheca. Não só em Praga, mas também em outros locais. Descubra cinco deles nesse artigo.

Arquitetura Cultura
Pacotes