Castelo Křivoklát, cenário medieval para hospedagem, lazer e cultura

Vivenciar por um dia ou mais os costumes e as tradições medievais e apreciar eventos culturais e festivos é a proposta do Castelo Křivoklát, a 50 km de Praga.

Por: Giorgia Marcucci

Publicado: Fevereiro 11, 2021

Seja qual for o motivo que nos impeça de viajar, não impede sonhar com os lugares que queremos conhecer ou revisitar. Absolutamente atemporal, dinâmico, sem fronteiras, o sonho pode nos levar, por exemplo, ao dia 13 de maio de 1335, como convidados do margrave Carlos (depois, rei tcheco Carlos IV) ao Castelo Křivoklát, para ouvir sinfonia de rouxinóis “contratados” por ele para a comemorar o nascimento da filha, Marketa.

Essa e muitas outras lendas você conhecerá quando visitar o Castelo Křivoklát, que fica na vila de igual nome, a apenas 50 km de Praga. O melhor é que você poderá hospedar-se nele, em apartamento que inclui sala e cozinha. Nem pense – o fogão não é a lenha. A cozinha tem todos os aparatos modernos.

Hospedar-se ou apenas visitar o Castelo Křivoklát – Monumento Cultural Nacional da República Tcheca – é verdadeiro mergulho na época medieval. Durante o ano acontecem inúmeros eventos, desde passeios noturnos envoltos em atmosfera mágica, concertos, apresentações teatrais, exposições, festival de cinema noir (agosto), enfim, muito de ótimas diversões espelhadas em programação sazonal, inclusive para crianças e adolescentes.

Nos interiores do castelo você apreciará belíssima capela, exposição (permanente) de pintura gótica, museu, galeria, biblioteca com centenas de livros - alguns deles outrora manuseados por princesas e príncipes. Passeará ao longo das muralhas, visitará a Torre Huderka e aproveitará as vistas a partir do mirante. O toque noir fica por conta da prisão e câmara de tortura, com os respectivos instrumentos.

A vila Křivoklát, sede do castelo, é o centro da Área de Paisagem Protegida Křivoklátsko, listada pela Unesco como Reserva da Biosfera. Nos arredores do castelo há trilhas para caminhadas que levam a pontos turísticos culturais e naturais. Um deles, a menos de 500 metros do castelo é a igreja de Santa Petra, edifício neogótico datado de 1880-1885.

Em frente ao castelo, monumento em arenito com altura de 14 metros homenageia o Príncipe Carlos Egon II de Fürstenberg, da casta senhorial proprietária do castelo entre 1756 e 1929. Não é tudo. Há muito mais para ver e curtir no castelo, na vila e nos arredores, como as ruínas do castelo Krakovec e os castelos Točník e Žebrák. Entra na conta das atrações as inúmeras belezas naturais de toda a região.

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Hotel boutique Jalta, rigorosa elegância

Com a sólida presença dos edifícios construídos nos anos cinquenta, a icônica Praça de Wenceslau tem ao seu lado o Hotel Jalta. Muito bem plantado no centro de Praga , oferece aos hóspedes luxo sóbrio e alto conforto, detalhes que eles agradecem; e curioso bunker, convertido em museu.

Experiencia de viagem
Seis espaços naturais aonde você pode sentir o outono na República Tcheca

Embora você não precise de motivo especial para viajar à República Tcheca no outono, os adornos que a natureza usa nessa temporada são tão incríveis que você deve deixar de lado a melancolia e partir à conquista dos parques, montanhas e florestas tchecas.

Experiencia de viagem
Terezín, não esquecer para não Repetir

Terezín, que fica a menos de uma hora ao norte de Praga, é o único campo de concentração da era nazista no território tcheco. É importante conhecer as partes mais truculentas da história para evitar a recorrência, pois esquecer poderia ser um grande erro. Ao visitá-lo, nos surpreende alguns aspectos da fortaleza, assim como da população que lá esteve reclusa.

Experiencia de viagem