A fábrica de cristais Moser

Uma das regiões que formam a República Tcheca é a Boêmia. O nome pode soar familiar, seja pelo termo boemia (o comportamento notívago e festeiro dos boêmios), ou talvez pela expressão ‘cristal da Boêmia’, que significa um cristal de alta qualidade. E é mesmo.

Por: Luiz Fernando Destro

Publicado: Abril 10, 2020

A indústria de cristal na região tcheca da Boêmia ganhou fama nos séculos XVII e XIX pela alta qualidade dos produtos. No século XX, com guerras mundiais, automação das indústrias e novos polos manufatureiros, a produção do cristal diminuiu sensivelmente. Mas as indústrias que sobreviveram mantiveram a qualidade do passado. E cristal da Boêmia continua sendo o melhor cristal do mundo.

Em Karlovy Vary funciona a fábrica do melhor cristal da Boêmia, da marca Moser. Essa marca abastece os guarda-louças das maiores casas reais do mundo (Inglaterra, Espanha) e de inúmeras embaixadas, consulados e representações comerciais. Não, não é barato. Mas o preço se justifica.

Cada peça Moser é uma obra de arte. Elas são feitas completamente à mão. Nenhuma máquina ou computador envolvido, apenas o talento humano, em todas as etapas. Cada taça, cada vaso, cada lustre foi feito por um soprador de vidro que, usando um cano comprido e formas de madeira, junto com uma enorme habilidade, cria a peça a partir de um monte de vidro incandescente. Parece simples, mas não é. Ao contrário, é extremamente difícil, e para chegar ao ponto de trabalhar na fábrica, vão anos de treinamento.  Imagine que um conjunto de doze taças significa fazer, no sopro, doze peças idênticas.

E os sopradores erram? Muito. Cerca de 60% das peças não passa no controle de qualidade. O que já explica boa parte do preço. Mas tem mais.

Depois de sopradas, esfriadas e aceitas, as peças precisam ser gravadas, ou pintadas, ou os dois. Novamente, é tudo feito à mão, na base do talento. E haja talento. Vi vasos com gravuras extremamente complexas, e é tudo gravado à mão com lixas especiais, sobre um desenho igualmente feito à mão. Se tremer, a peça está perdida...

Em uma visita à fábrica da Moser você pode ver os sopradores em ação. Marcando hora, dá para ver os gravadores também. A fábrica também tem um pequeno museu com peças históricas e uma grande loja no final, onde você pode comprar de um copinho a um lustre. Tudo feito à mão.

Mais informações sobre os cristais Moser: https://www.moser.com/

Mais informações sobre a visita à fábrica de cristais Moser: https://www.moser.com/tours

 

Canais relacionados

Experiencia de viagem
Telč: uma cidade em tons pastel

A Dama Branca, o fantasma mais famoso da República Tcheca, deixou sua marca lendária também nesta pequena e pitoresca cidade.

Experiencia de viagem
Zlín: onde a utopia se fez realidade

Para este recanto remoto do sudeste da Morávia, há anos vêm em peregrinação os amantes da arquitetura contemporânea. Porém, descobri que, sobretudo, Zlín é lugar perfeito para conferir como, às vezes, a utopia pode tornar-se realidade.

Experiencia de viagem
Pilsner Urquell: 100 minutos no berço da cerveja estilo Pilsen

A cerveja mais popular do mundo é a lager loira estilo pilsner, inventada por Josef Groll em 1842 e ainda hoje produzida na planta industrial da cervejaria Pilsner Urquell. Portanto, qualquer visita à cidade tcheca de Pilsen será incompleta, a menos que se programe uma visita à fábrica pioneira.

Experiencia de viagem