Os feriados e as 741festas nacionais na República Tcheca

A República Tcheca celebra três feriados nacionais relacionados com a independência, a libertação e a restauração do Estado Tcheco. Os dias 1º de janeiro, 28 de setembro e 28 de outubro estão marcados em vermelho no calendário por vários motivos, que contamos a seguir. Além disso, existem muitas outras comemorações que enchem de alegria até os meses mais frios.

Por: Pepa Garcia

Publicado: Janeiro 12, 2023

Cada país tem os seus grandes dias de celebrações, de aniversários relacionados com questões históricas, políticas, religiosas, quando são realizados eventos que agradam tanto a população como aos viajantes. Na República Tcheca, há três feriados nacionais diretamente ligados ao Estado - 1º de janeiro, quando a República Tcheca nasceu como tal; 28 de setembro, dia de São Venceslau, padroeiro do país; e 28 de outubro, quando a então Tchecoslováquia se torna independente, após a Segunda Guerra Mundial. A seguir, contaremos algumas curiosidades sobre os fatos que justificam as festividades e quais eventos são organizados em torno delas. Se a sua viagem coincidir com eles, a diversão está garantida.

Feriados Nacionais Tchecos

1º de janeiro, Dia da Restauração do Estado Tcheco

Na República Tcheca, o mês de janeiro começa com dupla comemoração - o habitual início de ano e a alegria de lembrar que a noite de 31 de dezembro de 1992 foi a última do país como Tchecoslováquia. Em 1º de janeiro, o país voltou a ser um Estado independente, daí a celebração da “Restauração do Estado Tcheco”. Por coincidir com as comemorações do Natal, na última noite do ano em muitas casas a refeição inclui purê de lentilhas, já que a tradição diz que quanto mais lentilhas você comer, mais dinheiro terá naquele ano.

28 de setembro, Dia de São Venceslau, padroeiro da Tchéquia

A razão pela qual o segundo feriado nacional é comemorado em 28 de setembro está relacionada ao príncipe tcheco (mais tarde santo) Venceslau. No dia 28 de setembro do ano 935, esse nobre tcheco foi assassinado por seu irmão em Stará Bolesvav, a cerca de 30 km de Praga. Algum tempo após sua morte, Venceslau  foi santificado e hoje é venerado por milhares de peregrinos que visitam o santuário de Stará Bolesvav durante todo o ano, em especial, na data da morte dele. No santuário, além da Basílica de São Venceslau, você poderá visitar a Igreja da Assunção da Virgem Maria, em cujo altar-mor está exposto o relevo da Virgem Maria com o Menino Jesus, adorado desde o século 17, ao qual os fiéis recorrem para pedir proteção.

Se a sua viagem coincidir com o dia 28 de setembro, você encontrará celebrações especiais em Stará Bolesvav  e na Basílica de São Venceslau. Se a sua escapadinha acontecer em outra data, visite no Castelo de Praga a exposição permanente sobre a história do castelo, que inclui o elmo e a armadura de São Venceslau (é o que se acredita, pois as peças têm mais de mil anos). Você pode conferir a programação dos eventos neste link.

28 de outubro, Dia da Independência da então Tchecoslováquia

O último feriado diretamente relacionado ao Estado Tcheco é comemorado em 28 de outubro. Nesse dia, em 1918, a então Tchecoslováquia foi proclamada independente. A Primeira Guerra Mundial já havia terminado e, portanto, o Império Austro-Húngaro havia se desintegrado. Este fato lançaria as bases para a posterior criação da República Tcheca.

Por ser feriado nacional, são organizados eventos em diferentes pontos do país, mas se a sua estadia em Praga coincidir com esse dia, você pode ir ao Monumento Nacional de Vítkov, aonde assistirá colorido desfile militar e oferenda de coroas. À noite, a festa segue para o Castelo de Praga, aonde são entregues as condecorações nacionais.

Outras celebrações tchecas

Além das três celebrações nacionais diretamente ligadas ao Estado Tcheco, existem outras de caráter festivo durante as quais são relembrados eventos importantes e os religiosos.

Dia 1 de maio - além do Dia do Trabalhador, nessa data a República Tcheca celebra o Festival dos Apaixonados e há tradições muito curiosas em torno dele. Aproveite e leia  República Tcheca, programas românticos para dois

Dia 8 de maio - neste dia é recordado o fim da 2ª Guerra Mundial, acontecimento que mudou para sempre a história do mundo, incluindo a da República Tcheca. São realizadas paradas militares em várias partes do país, mas nenhuma como a de Pilsen (Plzeň). Nesta cidade, a celebração é chamada Festival da Liberdade e tem desfiles militares e inúmeros eventos culturais.

Dia 5 de julho – no início de julho é celebrada a Festa dos Santos Cirilo e Metodio, dois apóstolos eslavos que chegaram na hoje República Tcheca no ano 863, a pedido do segundo príncipe da Grande Morávia, Rostislav (santificado posteriormente). Para que a missão de espalhar o cristianismo fosse bem-sucedida, eles introduziram a língua eslava nas missas. Os dois missionários foram de grande importância para o desenvolvimento do conhecimento nesta parte da Europa.

Todos os anos, Cirilo e Metodio são lembrados com peregrinação ao Mosteiro de Velehrad, no sul da Morávia. Alguns apontamentos antigos dão a entender que o centro do império da Grande Morávia era localizado próximo a Velehrad.

Dia 17 de novembro - nesta data são comemorados dois eventos importantes. Em 1939, o governo alemão fechou universidades tchecas e perseguiu líderes estudantis (alguns foram mortos e outros enviados para campos de concentração); em 1989, a comemoração dos 50 anos da repressão anterior tornou-se manifestação contra o regime comunista, que resultou em dura intervenção policial. E, por fim, como gatilho, o desenvolvimento das eleições livres, em 1990.

Páscoa e Natal - claro que estas duas comemorações são as mais importantes ligadas a temas religiosos e os de maior sucesso internacional. Já falamos sobre ambos antes. Não perca!

 

Prepare-se para sonhar nos mercadinhos de Natal da República Tcheca

Páscoa na República Tcheca e sete programas imperdíveis

República Tcheca, planos românticos para dois

Não existe só um tipo de viagem à República Tcheca, assim como não existe só um tipo de casal. Por esse motivo, elaboramos nove sugestões de viagem pela República Tcheca em casal, para que todos fiquem felizes com o resultado. Neste país da Europa Central, românticos, gourmets, culturais, esportistas, enólogos e até os mais estressados ​​têm uma sugestão sob medida. Convidamos você a encontrar o plano que melhor se adapta à sua personalidade e à da sua cara-metade, claro.

Castelos e Palácios Patrimônios
Cinco castelos para hospedar você na República Tcheca

Com preços de estadia para todos os bolsos, vários castelos da República Tcheca aceitam hóspedes. A seguir, cinco deles. 

Arquitetura Castelos e Palácios Castillos y Palacios Experiencia de viagem Itinerários Luxo Patrimonio Patrimônios Sonhe
Mikulov, mais do que cidade, é grande lenda no Sul da Morávia

A duas horas e meia de Praga, a cinquenta quilômetros de Brno e quase na fronteira com a Áustria, Mikulov é uma das cidades com mais personalidade na República Tcheca. Tradição cultural, arquitetura renascentista, paisagens medievais, história, magia e muito vinho fazem parte do seu charme encantador. A seguir, sete visitas essenciais a Mikulov.

Arquitetura Castelos e Palácios
Pacotes